UFMG participa na China de criação da Liga das Universidades dos Brics

UFMG participa na China de criação da Liga das Universidades dos Brics

A vice-reitora Sandra Goulart Almeida, e o diretor de Relações Internacionais, Fábio Alves, vão representar a UFMG, nos próximos dias 17 e 18, em Beijing, China, em encontro de universidades dos países do grupo Brics, aliança política e econômica de Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

No fórum, que será sediado pela Beijing Normal University (BNU), dirigentes de cerca de 20 instituições vão assinar documento de criação da Liga de Universidades do Brics, com propósitos como mobilidade docente e discente e cooperação científica em ambiente de inclusão e solidariedade. O Brasil será representado também por universidades como a Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e a Estadual de São Paulo (Unesp).

A congregação é uma iniciativa das próprias instituições, com suporte do Ministério da Educação da República da China. Uma declaração produzida no último encontro dos líderes do Brics, também na capital chinesa, manifesta apoio à criação da Liga, que pretende ser plataforma multilateral de diálogo para valorização de talentos e incremento do potencial de cooperação em rede.

De acordo com o professor Fábio Alves, a UFMG já mantém alguns acordos de cooperação com instituições de países do Brics, mas terá oportunidade de “estabelecer novas e efetivas parcerias que ampliem as possibilidades de compartilhamento dos benefícios da internacionalização, além de apoiar o desenvolvimento de políticas envolvendo os cinco países”.

Agência de Notícias – Universidade Federal de Minas Gerais

Compartilhar