UFMG – Professores debatem divulgação científica na reunião da SBPC

UFMG – Professores debatem divulgação científica na reunião da SBPC

A programação estendida da 72ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que terá nova rodada a partir de segunda-feira, 30, contará com a participação dos professores Luciano Mendes de Faria Filho, da Faculdade de Educação, Maria das Graças Lins Brandão, da Faculdade de Farmácia, e Yurij Castelfranchi, da Fafich, além da reitora Sandra Regina Goulart Almeida. O evento é realizado virtualmente em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Os professores da UFMG integram mesas-redondas que debatem a divulgação científica sob diversas perspectivas. O professor Luciano Mendes é um dos convidados da mesa Educação comunica: pesquisa, divulgação e educação básica, que abordará a divulgação da ciência na educação de nível básico. O debate está agendado para esta segunda-feira, dia 30, às 10h, e contará com a participação de Sergio Stoco, presidente do Centro de Estudos Educação e Sociedade da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e de Renato Noguera, da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).

A conversa será mediada por Geovana Lunardi Mendes, da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), e a transmissão será on-line, pelo Youtube. Luciano Mendes coordena o projeto Pensar a Educação, Pensar o Brasil, iniciativa que articula um conjunto de ações na interface entre extensão, ensino, pesquisa e comunicação pública do conhecimento científico sobre educação, com o objetivo de propor reflexões e alternativas para a educação pública brasileira.

A professora Maria das Graças Lins Brandão, especializada na pesquisa, produção e disseminação de informações e materiais de divulgação científica sobre biodiversidade e produtos naturais, participará, na terça-feira, 1º de dezembro, às 15h, da mesa-redonda Plantas medicinais e fitoterapia na era das mídias sociais: o papel da divulgação científica no combate às fake news. A mesa, que terá transmissão pelo Youtube e será coordenada por Leopoldo Clemente Baratto, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), terá ainda a participação de Silvana Maria Zucolotto Langassner, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

O professor Yurij Castelfranchi, por sua vez, vai participar da mesa Desafios de comunicar ciência para a sociedade, na quarta-feira, 2. Castelfranchi coordena a Força Tarefa Amerek, coletivo de cientistas, jornalistas e outros divulgadores voluntários que buscam unir ciência, comunicação e população. A mesa será coordenada pela jornalista e pesquisadora da Fiocruz Luísa Medeiros Massarani e terá ainda a participação de Viola Van Melis, da Universidade de Münster, e Paula-Irene Villa Braslavsky, da Universidade de Munique, ambas na Alemanha.

Desafios em tempos de crise
A reitora Sandra Regina Goulart Almeida participará do painel Os cortes de recursos e seus impactos na educação, na terça-feira, 2, a partir das 12h. O painel será coordenado por Carlos Alexandre Netto, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), e terá participação de Edward Madureira, presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), Jadir José Pela, presidente do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), Flávia Calé, da Associação Nacional de Pós-graduandos (ANPG), e Nelson Cardoso Amaral, da Universidade Federal de Goiás (UFG).

A Reunião
Com o tema Ciência, educação e desenvolvimento sustentável para o século 21, a versão estendida da 72ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) está sendo realizada desde setembro e segue até dezembro. Pela primeira vez, toda a programação deve ser assistida on-line.

O evento seria em julho, no campus central da UFRN, em Natal, mas foi suspenso em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Para registrar a data, a SBPC e a Universidade realizaram uma minirreunião virtual, ainda naquele mês, alcançando 380 mil usuários nas transmissões pela internet. A audiência estimulou o Conselho da SBPC e a UFRN a estender a programação ao longo do segundo semestre e manter a Reunião Anual no formato virtual.

Seguindo a mesma proposta do evento presencial, a programação científica é composta de painéis, mesas-redondas e conferências, com transmissão pelo canal da SBPC no YouTube. Além disso, ha sessão de pôsteres, e, em um sábado do mês, são realizadas as atividades SBPC Jovem e Família na Ciência, com atrações para pessoas de todas as idades. Mais informações estão no site da Reunião.

Compartilhar