UFOP – Consciência Negra tem programação especial

UFOP – Consciência Negra tem programação especial

“Chega de viver / Na escravidão / É o mesmo céu / O mesmo chão / O mesmo amor / Mesma paixão (…) / Liberdade, liberdade”

Nessa canção interpretada por Elis Regina e, mais recentemente, por Criolo, a história de Zumbi dos Palmares ficou conhecida pela sua coragem e persistência na luta pela liberdade dos escravos e contra o regime de escravidão que permeou o país durante séculos.

Criada em 10 de novembro 2011, a Lei Federal nº 12.519 institui 20 de novembro como o dia oficial da Consciência Negra no Brasil. Carregado de significados, ele coincide com a data de falecimento de Zumbi dos Palmares (1655 – 1695). Dessa forma, reserva-se o dia para a reflexão sobre a importância do negro na cultura e na história do país, assim como sobre as consequências do período escravocrata do Brasil, que provocou inúmeras desigualdades entre a população branca, negra e indígena, que perduram até hoje.

Esse assunto coloca em pauta a necessidade e a luta pelo fim do racismo que se enraizou no país desde o seu descobrimento, em 1500. Para isso, o Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI) da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) preparou atividades que serão realizadas na terça (20), em decorrência do Dia da Consciência Negra.

Confira a programação completa:

8h às 11h: Visita do Centro de Educação Municipal Padre Avelar (CEMPA) para Oficina de Brincadeiras Africanas
Local: Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS – Mariana)

8h às 11h: Oficina de boneca Abayomi
Local: Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS – Mariana)

8h às 11h: Dinâmica de identidade “Quem sou eu”
Local: Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS – Mariana)

14h30 às 15h30: Palestra “Cotas para quem”, ministrada por Adilson Pereira dos Santos
Local: Escola Estadual Dom Pedro II (Ouro Preto)

15h: Reunião aberta do Conselho de Promoção da Igualdade Racial de Mariana
Local: Praça da Sé (Mariana)

19h: Palestra “A história da educação dos negros”
Local: Auditório do ICHS (Mariana)

20h40 – Sarau Afro-Futurista
Local: Auditório ICHS (Mariana)

EXPOSIÇÃO AGÔ — Confira também a exposição (foto de destaque) do sétimo período do curso de Museologia sobre as manifestações de origem afro-brasileira.

Compartilhar