UFOP distribui novo lote de protetores faciais às instituições de saúde em Ouro Preto

UFOP distribui novo lote de protetores faciais às instituições de saúde em Ouro Preto

A Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), por meio da Pró-Reitoria de Extensão (Proex), que integra o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus, disponibilizou nesta segunda (8) mais 46 protetores faciais às instituições de saúde de Ouro Preto para ajudar no combate à Covid-19. O novo lote doado atende uma demanda total de 126 unidades.

Os protetores foram produzidos pelo Laboratório de Análise Experimental e Simulação de Sistemas (Laess) do curso de Engenharia Mecânica da UFOP, sob coordenação do professor Paulo Henrique Vieira Magalhães. Sobre o processo de produção, o professor conta que a capacidade é de 200 unidades em três horas através da técnica de corte a laser, utilizando o material PET-G (Polietileno Tereftalato de Etileno Glicol), mais translúcido em relação aos produzidos em acetato.

“A iniciativa de produzir partiu da necessidade de ajudar o pessoal da saúde da região que está na linha de frente e atender uma demanda por EPIs que estavam faltando e que são de extrema importância para proteger aqueles que estão cuidando de cada paciente”, conta Paulo Henrique.

As instituições contempladas são:

Santa Casa da Misericórdia de Ouro Preto, com um total de 50 protetores;

Corpo de Bombeiros, 6 protetores;

Hospital de Campanha, 30 protetores;

Centro de Saúde da UFOP, 10 protetores;

Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas (Nupeb) e Laboratório Piloto de Análises Clínicas (Lapac) da UFOP, 15 protetores cada.

Compartilhar