Ufopa terá programa de residência multiprofissional em saúde em 2017

Ufopa terá programa de residência multiprofissional em saúde em 2017

O Instituto de Saúde Coletiva (Isco) da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) obteve aprovação junto ao Ministério da Educação (MEC) para a implantação, em 2017, do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde, com enfoque na Estratégia em Saúde da Família. O processo seletivo ocorrerá no final do ano de 2016, através de edital público que será divulgado no sítio da Ufopa.

Foram concedidas três bolsas para profissionais de saúde residentes em Farmácia, Enfermagem e Odontologia no valor de R$ 3.330,43, em regime especial de treinamento em serviço de sessenta horas semanais. A residência multiprofissional será coordenada pela professora Marina Celere Meschede, do Isco.

A formação lato sensu na modalidade Residência Multiprofissional em Saúde segue as políticas do Ministério da Saúde e caracteriza-se pelo ensino e trabalho mediante participação em diferentes cenários de aprendizagem, em regime de dedicação exclusiva. O objetivo do Programa é aproximar o recém-graduado ao ambiente de trabalho para que vivencie a dinâmica da instituição.

Ao final de dois anos, o egresso do curso de Residência deverá estar apto para atuar na Estratégia em Saúde da Família, fundamentado na perspectiva da interdisciplinaridade, reconhecendo a importância de ações na atenção básica para o reconhecimento de determinantes sociais que afetam o processo de saúde-adoecimento das populações do Baixo Amazonas.

Segundo o diretor do Isco, Waldiney Pires Moraes, também foi submetida a proposta para implantação da Residência Médica em Saúde de Família e Comunidade, que aguarda a resposta da Comissão Nacional do MEC.

 

Compartilhar