UFPA sedia Reunião Brasileira de Antropologia

UFPA sedia Reunião Brasileira de Antropologia

Neste domingo, foi oficialmente aberta a 27ª edição da Reunião Brasileira de Antropologia (RBA) com tema “Brasil Plural: Conhecimentos, Saberes Tradicionais e Direitos à Diversidade”. Cerca de 3 mil inscritos participaram do primeiro dia do evento que contou com a cerimônia de abertura, conferência da professora da Universidade de Chicago, Manuela Carneiro da Cunha, com a palestra “Conhecimentos tradicionais e ‘Cultura’”,além de lançamento de livros e DVDs.

Na segunda-feira, segundo dia do evento, o público pôde prestigiar os grupos de trabalhos, minicursos, oficinas e mostras fotográficas, além da conversa com o renomado antropólogo Roque de Barros Laraia e a palestra da pesquisadora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Giralda Seyferth, sobre “Campesinato e o Estado no Brasil”. A RBA continua até o dia 4 de agosto com uma vasta programação.

A tradicional Reunião volta a acontecer em Belém após 44 anos e, além do tema principal, discute ainda três subtemas: Pluralismo no Brasil contemporâneo, Conhecimentos e saberes tradicionais e Direitos à diversidade. O objetivo é buscar uma melhor compreensão dos problemas relacionados a esses assuntos e propor reflexões sobre suas implicações para o exercício da cidadania no Brasil.

Realizada pela Associação Brasileira de Antropologia (ABA) desde 1953, a RBA agrega várias atividades. Neste ano, o evento trará a Belém mesas-redondas, simpósios e fóruns especiais, cursos avançados em teoria e metodologia no trabalho antropológico, mini-cursos, oficinas, lançamentos de livros, mostras e premiações, como o Prêmio Pierre Verger de ensaio fotográfico e vídeo etnográfico e o Prêmio Claude Lévi-Strauss, que seleciona o melhor artigo de recém-graduado e o melhor pôster de Iniciação Científica em Antropologia.

“Temos, na RBA, antropólogos e protagonistas de situações atuais tratando de temas candentes numa região marcada por conflitos. A programação foi construída via trabalho conjunto de uma equipe de profissionais experientes no trato dessas questões, sendo dada especial ênfase a aspectos acadêmicos e políticos que são, em si mesmos, desafiantes e exigem compreensão mais aprofundada, tratamento que só pode receber num fórum científico desta dimensão. Com evento do porte da ABA, a sociedade sai ganhando e com a certeza de buscar alternativas eficazes”, enaltece a antropóloga da UFPA e secretária geral da ABA, Jane Beltrão.

A partir das 12 horas do dia 01/08, as inscrições poderão ser feitas no Campus da UFPA, no atendimento que funcionará no Ginásio de Esportes, situado ao lado do Centro de Convenções Benedito Nunes, da UFPA.

Mais informações: http://www.abant.org.br/27rba/

Compartilhar