UFPB firma acordo com Universidade de Moçambique

UFPB firma acordo com Universidade de Moçambique

A reitora da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), professora Margareth Diniz, se reuniu na manhã desta quarta-feira (27) com o reitor da Universidade Aquila, (Cidade de Maputo-Moçambique), Teodoro Andrade Waty.  Durante a reunião foi assinado um acordo geral de cooperação acadêmica entre as duas Universidades. O acordo, com duração até 2024, prevê o estabelecimento de cooperação em todas as áreas de ensino, extensão e pesquisa – com intercâmbio de professores, pesquisadores, pessoal técnico-administrativo e estudantes.

Na reunião com o reitor da UNAQ, a professora Margareth Diniz lembrou que a UFPB está dando passos firmes em sua política de internacionalização, com a criação recente da Agência de Internacionalização, a aprovação no Programa Print da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior  (Capes) e com a contratação de 100 professores visitantes que estão vindo reforçar a Pós-Graduação da UFPB. “Todas estas ações têm consequências diretas, na pesquisa, na graduação e na extensão da nossa instituição. Estamos trazendo a UFPB do século XX para o século XXI”, contou a reitora em sua conversa com o colega da Universidade Aquila. 

Já o professor Teodoro Andrade Waty comentou que este é o primeiro acordo internacional que celebra na condição de reitor da UNAQ, recém empossado. “Priorizei este acordo com a UFPB por seu histórico e tradição reconhecida em nosso país”, acrescentou.

Esta não é a primeira vez que a UFPB constitui parceria com Universidades de Moçambique. O professor Enoque Feitosa, do departamento de Direito Privado do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), explicou que a UFPB já tem parcerias nas áreas de direito e filosofia com a Universidade Nacional, de Moçambique, desde o ano de 2014. “Nesse período conseguimos garantir a mobilidade de 41 pessoas entre a nossa instituição e a Unidade Nacional e agora vamos continuar e intensificar junto à Universidade Aquila”, afirmou. Ele explicou que o acordo tem apoio da Capes e contou, durante a reunião com o reitor Teodoro Waty, que a parceria não teria êxito sem a efetiva ação da reitora da UFPB, Margareth Diniz.

Compartilhar