UFPB – Programa Universidade Participativa realiza primeira audiência pública

UFPB – Programa Universidade Participativa realiza primeira audiência pública

A reitora da UFPB, Margareth Diniz, participou, nesta quarta-feira (6), da 1ª audiência pública do Programa Universidade Participativa. O programa serve como instrumento de base para tratar junto com a comunidade universitária o processo de discussão do orçamento, projetos, obras e serviços da Administração Central.

A audiência pública, realizada no auditório de Fonoaudiologia, no Centro de Ciências da Saúde (CCS) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) teve início às 8h30 e ouviu os pedidos de professores, servidores e alunos dos Centros de Ciências da Saúde, Ciências Médicas e Hospital Universitário Lauro Wnderley (HULW). A audiência teve início com a composição da mesa diretora, formada pela reitora Margereth Formiga Diniz, vice-reitor Eduardo Rabenhorst, o diretor do Centro de Ciências da Saúde, Reinaldo Nóbrega, diretor do Centro de Ciências Médicas Marco Antonio Vivo, diretor do HU João Batista e o Coordenador do Reuni, Gustavo Tavares.

Estavam presentes ainda os Pró-Reitores de Extensão e Assuntos Comunitários, Orlando de Cavalcanti Villar; de Assistência e Promoção ao Estudante, Thompson Lopes de Oliveira; de Graduação, Ariane Norma Sá; de Administração, Rosa Gondim: de Gestão de Pessoas, Francisco Ramalho; de Pós-Graduação e Pesquisa, Isac Almeida de Medeiros.

Margareth Diniz iniciou a audiência falando da satisfação em dar início ao Programa Universidade Participativo (UP) na área de saúde. “Oportunidade ímpar em que a gestão vai trabalhar junto à comunidade acadêmica para apresentar os problemas e perspectivas de solução”, disse a reitora.

A reitora explicou também, que é um espaço democrático que visa ampliar o processo de discussão do orçamento da UFPB, projetos, obras, serviços e açôes da Administração Central de interesse para todos da instituição. “Vamos duplicar os recursos para os centros de saúde da UFPB e manter os investimentos através do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI)”, garantiu Margareth, acrescentando que mesmo com o fim o Reuni a instituição vai manter o PDI de cada centro e que não irá interferir para o uso desses recursos, revelou a reitora.

O Coordenador do Reuni, GustavoTavares, explicou que o Programa Universidade Participativa é um instrumento de participação da instituição muito importante. “Nós não temos esta cultura e que ele se torne uma prática permanente na UFPB”, disse o coordenador.

Gustavo afirmou que são novos espaços de diálogos que estão sendo criados e que fazem parte da nova gestão da instituição. “Queremos inverter a lógica das decisões descentralizando as ações”, concluiu Gustavo.

Para finalizar a audiência, a reitora pediu aos Pró-Reitores que anotassem as reivindicações apresentadas pelos professores, servidores e estudantes nesta primeira audiência. ”O Programa Universidade Participativa foi elaborado para beneficiar estudantes e professores com as demandas de cada setor e esperamos que até o final do ano cada pró-reitoria possa dar uma satisfação aos pedidos apresentados” conclui Margareth.

 

Agência de Notícias da UFPB – Marcos Figueiredo

 

Gerry Anderson Film Music on CD
watch game of thrones online free A fashion

The Musical is coming to Greenville
free games online viz reports to liberate kamikaze babes

The Next Generation Fashion Symbol and Brahmin Purses
cheapest flights we want you to show them this

5 Most Famous Brands of Luxury All Over the World
onlinegames building of the stay withers hold fast

Trendy Clothing and High Heel Nike Air Max
jeux fr If you want to know if it is appropriate

Handling inbound calls from mailing campaigns
games Invite your best buds over for drinks and appetizers

Prada mens shoes for stylish men
kleider in the City of Westminster

Lily Allen Designs for Lucy In Disguise
cool math games Look carefully at each item

Compartilhar