UFPB – Projeto de Odontologia atende pacientes com endocardite infecciosa

UFPB – Projeto de Odontologia atende pacientes com endocardite infecciosa

Sangramento durante escovação ou uso de fio dental é sinal de alerta. Crédito: Portal do Coração/Reprodução

Projeto do curso de Odontologia da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) atende pacientes do Hospital Universitário com Endocardite Infecciosa, cardiopatia causada por bactérias que adentram a corrente sanguínea e atacam o coração, provocando infecção que pode levar à morte.

Embora essas bactérias tenham origem em ferimentos na pele, no trato urinário e no intestino, a principal forma de contaminação é por meio da boca ou de cáries.

“É preciso estar atento a sinais como sangramentos durante a escovação ou uso do fio dental”, alerta Marcos Florêncio, atual coordenador do projeto e professor do curso de Odontologia da UFPB.

As ações desenvolvidas pelo projeto são voltadas para a conscientização, prevenção e tratamento dos ferimentos e das cáries. Os pacientes têm de 12 a 30 anos de idade, são de baixa renda e apresentam fatores de risco para a doença. É preciso ser encaminhado pelo Setor de Cardiologia para ter acesso ao serviço.

O coordenador destaca que o grande desafio é mantê-los até o fim do tratamento. “Como a doença não demonstra um perigo nos primeiros momentos, muitos desistem”.

O projeto teve início em 2005 e a equipe conta hoje com um coordenador, supervisores e três estudantes.

Compartilhar