UFPE conclui primeira etapa de formação dos médicos do programa Mais Médicos

UFPE conclui primeira etapa de formação dos médicos do programa Mais Médicos

Termina hoje (13) a primeira etapa de formação dos médicos estrangeiros inscritos no programa Mais Médicos em Pernambuco. A UFPE ofereceu o curso de acolhimento de 120 horas para 116 médicos de sete países (Argentina, Uruguai, Espanha, Portugal, México, Hungria e Cuba). Esses profissionais devem trabalhar nos estados de Pernambuco, Paraíba, Alagoas, Sergipe, Minas Gerais, Pará e Amazonas. O reitor Anísio Brasileiro participa da cerimônia de encerramento, no Centro Acadêmico de Vitória (CAV), da UFPE.

Participaram do curso nove professores dos campi de Vitória de Santo Antão (CAV) e de Caruaru (CAA), sob a coordenação dos professores Paulo Santana, coordenador do curso de Saúde Coletiva do CAV, e Rodrigo Cariri, coordenador do curso de Medicina (CAA), além de professores convidados de outras instituições do Estado como o Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães (Fiocruz) e a Faculdade de Ciências Médicas da UPE. Dez professores da UFBA ofereceram as aulas e coordenaram as avaliações na área de língua portuguesa.

O curso contou ainda com a colaboração das secretarias municipais de Vitória de Santo Antão, Recife, Jaboatão dos Guararapes e do Cabo de Santo Agostinho, que disponibilizaram suas unidades de saúde da família para as visitas orientadas que fizeram parte da programação do curso. Também estiveram em alguns momentos compartilhando experiências desses municípios com os médicos em sala de aula.

Na avaliação dos coordenadores do curso, a experiência foi muito positiva. Os médicos são muito bem preparados e apresentaram muita facilidade com a língua portuguesa, o que deve ser traduzido nas avaliações cujos resultados devem ser divulgados na próxima semana pelo MEC.

“Estamos vivendo um momento histórico de consolidação da atenção primária à saúde no Brasil. O programa é extremamente necessário para a garantia de acesso a assistência médica nos lugares que mais precisam”, afirmou Paulo Santana. “Será importante, também, para as ações de ensino, pesquisa e extensão que a universidade já desenvolve nestas comunidades”, completou Rodrigo Cariri.

As atividades de acolhimento e saudações aos médicos estrangeiros contaram com a participação de alunos de graduação do CAV, de vários movimentos sociais, de artistas da região e de médicos e outros profissionais de Saúde da Família da região. A UFPE deve seguir acompanhando os médicos do programa depois de sua inserção nas unidades de saúde da família com supervisores do Programa de Residência de Medicina de Família e Comunidade do HC e professores dos três campi.

Ascom UFPE

 

 

 

Are Retail Sales as They Appear
watch game of thrones online free mellen wisconsin mountain street bike tracks

I can’t wear a bra on my first date
free games online In the clothes one wears

How to Pick a Fashion Design School
free online games How animated is your face

On the purple carpet at Nickelodeon
cheap prom dresses It’s easy to look badass with careful planning

5 Ridiculous Modern Fashions With Badass Historical Origins
forever21 unique models honest at 360 shopping mall below the d overseas banner

What to Wear to English High Tea
kleider True Beauty Lies Just Under the Surface

Lane Bryant bra fit event to be held August 5
ballkleider but having hard time to do so

Origins 2 for Nintendo DS Goes Gold
games were somewhat

Compartilhar