UFPE realiza ações na Semana Mundial da Amamentação

UFPE realiza ações na Semana Mundial da Amamentação

As atividades consistem em reforçar a importância da amamentação e o fortalecimento da família como rede de apoio para as mães

O Banco de Leite do Hospital das Clínicas da UFPE divulgou a programação das ações que serão realizadas na instituição para celebrar a Semana Mundial da Amamentação que esse ano trouxe o tema “Emponderar mães e pais, favorecer a amamentação hoje e para o futuro”. Todas as atividades acontecerão na maternidade do HC e serão direcionadas para as puérperas e para os seus acompanhantes, focando e reforçando sobre a importância do aleitamento materno e o fortalecimento da família como rede de apoio para as mães. O HC é unidade vinculada à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).

A abertura da Semana Mundial da Amamentação que terá início amanhã (1º) será a única ação que não acontecerá no HC. As palestras serão destinadas para os profissionais de saúde e serão realizadas na Secretaria Estadual de Saúde (SES), a enfermeira do Banco de Leite do HC Amanda Jacinto e a médica Caroline Freitas irão como representantes da instituição. Na sexta-feira (2), irá acontecer uma roda de conversa com as puérperas e seus acompanhantes que será liderada pela enfermeira do Banco de Leite Natália Coutinho, com o tema “Mitos e verdades sobre amamentação”.

O dia 5 contará com a encenação da rede de apoio e amamentação, com discussão sobre o papel da família, conduzida pela psicóloga Caroline Walzertudes, pela fisioterapeuta Camilla Medeiros e pela terapeuta ocupacional Marília de Arruda. No dia 6, haverá uma oficina de colagens criativas realizada pela psicologia.

No dia 7, as atividades ficam por conta da fisioterapia e terapia ocupacional, com a Roda de conversa “Posicionamento do bebê e da mãe durante a amamentação e, no dia 8, fechando a programação, as mães contarão com sessões de auriculoterapia (terapia natural que consiste na estimulação de pontos nas orelhas semelhante à acupuntura) realizada pelo farmacêutico Felipe Souza.

“A Semana Mundial da Amamentação é um momento para reforçarmos a importância do aleitamento materno e também fortalecer a rede de apoio para a mãe. Esta é uma fase de anseios, na qual podem surgir algumas dificuldades. Sendo assim, queremos que a mulher se sinta apoiada, pois a ajuda do companheiro, da família, amigos e trabalho pode tornar esse momento mais tranquilo para a mãe e para o bebê”, explica a enfermeira do Banco de Leite Amanda Jacinto.

Compartilhar