UFPI cria sacola que auxilia no descarte correto de resíduos sólidos

Desapercebidos pela maioria das pessoas, os catadores de resíduos sólidos são responsáveis por 90% do lixo reciclado no país, segundo dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) divulgados em 2012. Embora os trabalhadores sejam importantes para o meio ambiente, os mesmos vivenciam situações de exclusão e invisibilidade perante a sociedade e poder público.

Para viabilizar melhores condições de vida aos catadores do município e estimular o descarte correto em Floriano, professores e discentes do Curso de Administração do Campus Amílcar Ferreira Sobral (CAFS) da Universidade Federal do Piauí (UFPI) criaram um protótipo de sacolas plásticas coloridas para conscientizar a população. As sacolas esverdeadas possuem ilustrações sobre separação e tipos de materiais que são passíveis de reciclagem: papel, metal, plástico e vidro.

Sacola criada pelos estudantes 

A ideia surgiu como uma proposta do projeto de extensão “Intervenção Socioeconômica na Comunidade de Catadores de Resíduos Sólidos de Floriano: Uma Proposta Interdisciplinar”, motivada pelo volume de lixo produzido na cidade e lesões sofridas pelos catadores e que poderiam ser evitadas com o descarte correto dos resíduos. O projeto objetiva amenizar situações de risco e construir alternativas para melhorar a qualidade de vida dos catadores de resíduos sólidos na região.

O coordenador do projeto, Prof. Dr. Jairo de Carvalho Guimarães, comenta a invisibilidade dos profissionais e como simples medidas podem modificar a vida deles. “Ninguém quer saber quem é o catador. O que importa é saber que o lixo não estará na porta da sua casa. Não se leva em conta a importância desses profissionais para a repercussão no meio ambiente.”, destaca. O coordenador do projeto também pontua a necessidade da consciência de que todos são responsáveis por esses problemas sociais e ambientais.

O projeto de intervenção atua sob três pilares: melhores condições de vida, implementação de descarte seletivo e reativação da cooperativa dos catadores de resíduos sólidos. Para a concretização desses objetivos, os envolvidos realizam atividades como palestras e mobilizações junto à comunidade e aos dez catadores de resíduos da região vinculados ao projeto.  A proposta de Intervenção na Comunidade de Catadores de Resíduos Sólidos em Floriano é vinculada à Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PREXC/UFPI).

Mais informações:

Mobiliza PREXC: (86) 99816-4121

Coordenador do projeto – Prof. Dr. Jairo de Carvalho: (89) 99921-3355

Compartilhe: