UFRB debate fornecimento de energia da instituição com Coelba

UFRB debate fornecimento de energia da instituição com Coelba

O reitor da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Silvio Soglia, reuniu-se na última quarta-feira, 2 de setembro, com o gestor geral e o gerente regional da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), Rafael Sardeiro e Paulo Medeiros. No encontro, foi debatido o fornecimento de energia para a instituição.

A reunião debateu as condições dos contratos que relacionam a energia contratada e a efetivamente gasta pela Universidade. “Equacionamos o que a gente paga como demanda de energia e o que nossas redes efetivamente gastam. Saímos da reunião com a possibilidade de redução de demanda, o que pode criar uma economia de até 200 mil por ano, sem prejudicar o funcionamento da instituição”, revela Soglia.

O encontro também contou com a participação Pró-reitoria de Planejamento (PROPLAN) e da Superintendência de Implantação e Planejamento do Espaço Físico (SIPEF). “A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) estabelece que grandes consumidores devam pagar uma tarifa binômia, ou seja, a fatura de energia tem dois termos a demanda e o consumo”, explica Pedro Barbosa, engenheiro eletricista da UFRB. Ele acrescenta: “A Universidade tinha a previsão de um determinado patamar de carga. Porém, por uma série de fatores ela está solicitando menos energia que o planejado, o que possibilita a redução da demanda em um horizonte de curto e médio prazo”.

José Mascarenhas, Pró-reitor de Planejamento, considera que a reunião conseguiu ganhos para dentro e para fora da UFRB. Ele afirma: ”Para fora, de maneira a qualificar nossas relações com a Coelba. Para dentro, qualificando os gastos sem prejudicar nossos resultados e ajustando as questões orçamentárias e financeiras, sem deixar de atender os compromissos que a Universidade estabelece”.

Assessoria de Comunicação

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Compartilhar