UFRB realiza Macrozoneamento Ecológico e Econômico da Planície Costeira de Jaguaripe

UFRB realiza Macrozoneamento Ecológico e Econômico da Planície Costeira de Jaguaripe

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) realizou a Carta de Uso do Solo e Cobertura Vegetal da área da planície costeira do município de Jaguaripe. O trabalho faz parte do projeto de pesquisa “Macrozoneamento Ecológico-Econômico da Planície Costeira do Município de Jaguaripe”, coordenado pelo professor do Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas (CETEC), Heber Christiane Antunes Franca. O Macrozoneamento Ecológico é instrumento previsto para ordenar territórios, harmonizando as relações econômicas, sociais e ambientais.

A iniciativa propôs analisar o espaço territorial da planície costeira da praia dos Garcez, visando montar uma proposta de ordenamento territorial como subsídio para um processo de ocupação que assegure a sustentabilidade do uso dos recursos, além de promover a integração do ensino, pesquisa e extensão da UFRB com os problemas regionais.

Segundo Heber, a falta de um instrumento de planejamento territorial na planície costeira do município de Jaguaripe, Bahia, tem contribuído com o processo de ocupação desordenado das atividades antrópicas. “ A carta de solo e cobertura vegetal foi um trabalho para a comunidade acadêmica e para sociedade que passa a dispor de informações atuais e inéditas, com um produto de pesquisa e de extensão da UFRB para um município do Recôncavo com uma área bastante expressiva em seus atributos naturais e sociais. Além disso, identificamos e classificamos no nosso levantamento mais de 400 espécies vegetais encontradas nesse ambiente, muitas delas em vias de extinção”, explica.

A Carta de Uso do Solo e Cobertura Vegetal consiste em uma cartografia em escala de 1:25.000, desenvolvida a partir de trabalhos cartográficos e aerofotogramétricos, imagens de satélite e pesquisa de campo. Nesse trabalho específico, participaram o professor Heber Christiane (CETEC), como coordenador; a professora Lidiane Aona (CCAAB), responsável pela classificação das espécies; e estudantes dos cursos de Engenharia Florestal e Biologia. Outros temas estão sendo pesquisados na área, como fauna, sob a responsabilidade do professor Arielson Protázio (CCAAB), e hidrologia de responsabilidade da professora Alessandra Valentim (CETEC), com a participação de estudantes de Medicina Veterinária e Engenharia Sanitária e Ambiental, respectivamente.

De acordo com o professor Heber, a UFRB deve formalizar a entrega da cartografia e o levantamento dos dados à Prefeitura de Jaguaripe já nos próximos meses.

ASCOM – Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Compartilhar