UFRB recebe presidente da Academia de Ciências da Bahia

UFRB recebe presidente da Academia de Ciências da Bahia

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) recebeu na abertura do XII Seminário Estudantil de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação (SEPIP) o presidente da Academia de Ciências da Bahia (ACB), Jailson Bittencourt de Andrade. O evento, que nesta edição reuniu ainda o III Simpósio de Extensão da UFRB, teve início nesta quinta-feira, dia 25 de outubro, no auditório da Biblioteca do Campus Cruz das Almas.

Membro titular da Academia Brasileira de Ciências e da Ordem Nacional do Mérito Científico, Andrade falou sobre “Ciência e Responsabilidade Social”. De início, ele destacou que o tema dialoga com o escolhido para Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2018, comemorada de 15 a 21 de outubro com a temática “Ciência para redução das desigualdades”. Segundo Andrade, a escolha também está relacionada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), uma coleção de 17 metas globais estabelecidas pela Assembleia Geral das Nações Unidas, que incluem “educação de qualidade” e “redução das desigualdades”.

Em sua conferência, ele defendeu que são vários os desafios e as oportunidades em Ciência, Tecnologia e Inovação neste século, mas que esse tripé sempre irá requerer responsabilidade social. “A agenda principal do século XXI envolve a multidisciplinaridade, a sustentabilidade e a informação e tecnologia”, afirmou Andrade. No Brasil, ele citou a Estratégia Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (ENCTI) 2016-2022, cujos focos são o desenvolvimento sustentável e o combate às desigualdades sociais e regionais.

Para Andrade, os pilares dessa estratégia são a educação e a pesquisa básica. “Isso é a base de todo sistema. A inovação e a tecnologia são co-produtos. Você só tem com inovação e tecnologia se tiver educação e pesquisa básica”, assegurou. “É preciso, pois, educar para inovar, mas nós precisamos antes de tudo inovar para educar”, disse, como mensagem final.

Sobre o conferencista – Licenciado, Bacharel e Mestre em Química pela UFBA e Doutor em Ciências em Química Analítica e Inorgânica pela PUC-RJ, Jailson Bittencourt de Andrade é professor titular e pró-reitor de Pós-graduação e Pesquisa do Centro Universitário SENAI-CIMATEC, professor titular aposentado da UFBA, pesquisador do CNPq e coordenador do INCT em Energia e Ambiente.

Mesa de abertura – O pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação, Criação e Inovação, Carlos Alfredo de Carvalho, deu as boas vindas aos participantes do XII SEPIP, ao lado da pró-reitora de Extensão, Tatiana Velloso, que destacou a importância da integração entre as duas áreas no evento. Presidindo a mesa, a vice-reitora Georgina Gonçalves falou do tema escolhido para esta edição. “O enfrentamento das desigualdades sociais tem a ver com a disposição e confirmação dessa Universidade, em confrontar e reconhecer o que é da sua essência, o que ela tem de original”, disse Georgina.

Programação – As atividades do XII SEPIP seguem até essa sexta-feira, dia 26 de outubro, e incluem apresentações de trabalhos em formato oral e pôster, mesas redondas e entrega do Prêmio Inventor 2018. Mais informações no site do evento.

Compartilhar