UFRJ oferecerá pela primeira vez bacharelado em Gastronomia no vestibular 2011

UFRJ oferecerá pela primeira vez bacharelado em Gastronomia no vestibular 2011

RIO – Não se surpreenda se, em 2011, você esbarrar com panelas, frigideiras e fogões em salas de aula da UFRJ. Não, não é o novo bandejão. Trata-se da grande novidade da universidade para o vestibular deste ano: o bacharelado em Gastronomia, com 20 vagas para cada semestre, e que será oferecido pelo Instituto de Nutrição Josué de Castro, no campus do Fundão.

O curso estava previsto no Plano de Reestruturação e Expansão da UFRJ, aprovado em 2007, mas só agora sai do papel. De acordo com a professora Nilma Morcef de Paula, coordenadora da comissão de implantação do bacharelado, os dois anos foram importantes para a definição das disciplinas e da grade curricular.

– Desde 2008, a formatação do curso foi amadurecendo, ouvimos profissionais da área para conhecer as demandas. A UFRJ será a terceira universidade federal a ter o curso. O estudante formado estará preparado para trabalhar com hotelaria, em bares e restaurantes e também em pesquisa ligada à saúde. Cada vez mais as pessoas comem fora de casa, a atuação do gastrônomo deve ser ampliada – explica a professora.

Além de aulas no próprio Instituto de Nutrição, que já conta com a estrutura necessária, haverá disciplinas dadas por professores do departamento de História, da Escola de Belas Artes, e até da Coppe.

O currículo também prevê estágios obrigatórios para os futuros alunos em três áreas: hospitalidade, produção de refeições e gestão de empreendimentos gastronômicos.

Para quem fica receoso em relação à falta de infraestrutura das federais, Nilma dá uma boa notícia.

– Nós já estamos readaptando alguns de nossos laboratórios, mas devemos ter um prédio próprio em dois anos. O projeto está quase pronto. Tivemos a cautela de esperar as condições necessárias para oferecer um programa de qualidade – afirma a coordenadora.

No vestibular 2011, a UFRJ terá mais 100 vagas abertas nos cursos noturnos de Farmácia, Engenharia Química e Química Industrial. As primeiras turmas já entraram neste segundo semestre através de um edital especial.

Na Unirio, haverá cem novas vagas nos cursos de Pedagogia e 60 no curso de História, mas os turnos ainda não foram definidos. Em 2010, foram abertas 500 vagas em dez novas carreiras, como Ciências Ambientais e Engenharia de Produção.

Na UFF, as novidades no vestibular deste ano são Ciências Atuariais, com 80 vagas, e Sistemas de Informação, com cem, ambos em Niterói. No ano passado, foram criados 12 cursos, todos nos campi de Volta Redonda, Campos, Nova Friburgo e Santo Antônio de Pádua. Já Turismo, oferecido em Teresópolis, com previsão de 80 vagas, é a única estreia na Uerj em 2011.

Compartilhar