UFRN discute atividades acadêmicas durante a pandemia

UFRN discute atividades acadêmicas durante a pandemia

Seguindo com o planejamento acadêmico para o período da pandemia da covid-19, o reitor José Daniel Diniz Melo e os diretores de Centros, Institutos e Unidades Acadêmicas Especializadas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) se reuniram na manhã desta sexta-feira, 3 de julho. O encontro virtual teve o objetivo de apresentar as principais informações levantadas pelos setores acadêmicos quanto às possibilidades de retomada das atividades do calendário 2020.1.

De forma descentralizada, as direções dos Centros, Institutos e Unidades Acadêmicas Especializadas discutiram em seus respectivos setores, com os diversos segmentos (técnicos, docentes e estudantes), sobre as possíveis formas de retomada do calendário 2020.1, que está suspenso desde 17 de março.

Dessa maneira, na reunião com os diretores, a Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) apresentou uma síntese das proposições feitas pelos diretores em reuniões anteriores. “Essa primeira apresentação é fruto das sugestões dos diretores e das experiências obtidas com o Período Letivo Suplementar Excepcional (PLSE)”, explicou a pró-reitora de Graduação, Maria das Vitórias de Sá.

Após a apresentação, os representantes das unidades elogiaram o levantamento realizado até o momento pela Prograd, visto que considerou as necessidades e especificidades que haviam sido apontadas pelos diversos setores da universidade. Para os próximos dias, ficou decidido conjuntamente que a Prograd vai elaborar uma minuta, considerando todas as proposições apresentadas pelos diretores a partir das reuniões de centros e unidades acadêmicas, a qual será discutida e avaliada novamente. 

Em seguida, haverá a elaboração de uma proposta junto às direções de Centros e Unidades Acadêmicas, observando as contribuições apresentadas por todos os segmentos. A minuta final da resolução passará ainda pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) para ser regulamentada na UFRN.

Ainda na reunião, a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp) apresentou o panorama de adesão docente ao semestre 2020.5 (PLSE) e às capacitações oferecidas sobre ensino remoto. Atualmente, a UFRN possui um total de 2.616 docentes, sendo 2.150 do Magistério Superior, 206 do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico e 260 são substitutos. A instituição está ofertando dez capacitações remotas, sendo nove autoinstrucionais e uma de educação a distância (EAD). Diante desse contexto, a Progesp registrou 42% de adesão docente ao semestre 2020. 5 e citou as  taxas de participação, por unidade acadêmica e faixa etária do docente, além de apresentar o perfil dos professores que se inscreveram nas capacitações de ensino remoto.

Compartilhar