UFRN inaugura Instituto de Pesquisa de Tecnologia em Comunicações Sem Fio

UFRN inaugura Instituto de Pesquisa de Tecnologia em Comunicações Sem Fio

Nesta segunda-feira, dia 22, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte inaugurou do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Comunicações Sem Fio – INCT-CSF. O projeto que congrega quatro universidades brasileiras, terá como sede a UFRN e será coordenado pelo vice-diretor do Centro de Tecnologia da UFRN, o cientista e professor Adaildo Gomes d’Assunção.
 
Na ocasião da inauguração do Centro de Pesquisa, foi promovido durante todo o dia 22, no Auditório do Centro Tecnológico do Campus – CT, o I Seminário de Comunicação sem Fio, que começou com a palestra: O INCT de Comunicação sem Fio, proferida pelo professor Adaildo Gomes d’Assunção. À tarde, houve uma mesa-redonda sobre “Sistemas Modernos de Comunicação Sem Fio: Inovações Tecnológicas e Serviços", com a participação dos professores da UFRN Gutembergue Soares da Silva, Laércio Martins de Mendonça e Cláudio Rodrigues Muniz da Silva, e dos engenheiros Lívio Peixoto do Nascimento da Anatel e Luis Carlos Baginski, da Claro.  Na seqüência a palestra “O Sistema de Radiodifusão Sonora Digital”,  foi ministrada pelo professor Gervásio Protásio dos Santos Cavalcante da UFPA.

O INCT-CSF é patrocinado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico – CNPq e consolida a cooperação entre os grupos de pesquisas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN, da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro PUC-RJ, da Universidade Federal do Pará – UFPA e da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG. A sua finalidade é criar uma estrutura para implementar tecnologias de acesso visando à viabilização de aplicações estratégicas ao país, como também formar profissionais especializados e atualizados as novas tecnologias vigentes.
 
O foco das pesquisas envolverá, principalmente, o desenvolvimento de uma plataforma para análise dos sistemas de TV e Rádio Difusão sonora digitais, a modelagem de canais e comunicação sem fio, as aplicações de antenas inteligentes, a formação de profissionais, nos níveis de pós-graduação e graduação, a difusão das novas tecnologias envolvidas nas aplicações de Rádio e TV Digital, além das redes de Banda Larga 3G e WiMAX.

Compartilhar