UFRR comemora aprovação do Mestrado em Letras

UFRR comemora aprovação do Mestrado em Letras

O Programa de Mestrado em Letras da UFRR foi aprovado na última quarta-feira (30) pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e a previsão é que o curso tenha início em março de 2009.

A aprovação é uma conquista da Administração Superior em parceria com os docentes do Departamento de Letras e de outras áreas das Ciências Humanas da UFRR, fazendo parte da meta de expansão e fortalecimento dos programas de Pós-Graduação da Instituição.

O curso de Mestrado em Letras tem como proposta consolidar a pesquisa na área de estudo e linguagem de cultura regional, visando qualificar os recursos humanos de forma a atender as demandas regionais. A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação deve destinar 12 vagas por ano.

Para o Reitor Roberto Ramos é importante destacar que a UFRR está avançando na pós-graduação. A Universidade não tinha programas de mestrados até poucos anos atrás e atualmente possui cinco. “A proposta foi discutida amplamente com o corpo docente e por isso comemoramos com todos esta vitória”, disse.

A professora do Departamento de Línguas e Literaturas Vernáculas, Drª Kátia Wankler, considera a implantação do Mestrado uma vitória, uma vez que o curso é um dos pioneiros da instituição e agora vai poder atender a demanda pela pós-graduação.

“Foram três anos de trabalho árduo. No início tínhamos pouca expectativa nesta aprovação porque o corpo docente não tinha experiência em orientação, além de termos um número insuficiente de publicações científicas. Durante esse tempo, realizamos eventos, ampliamos a pesquisa e publicamos artigos. O primeiro parecer da Capes norteou nossas ações e nossa proposta foi construída dentro de um processo de amadurecimento, resultando nesta aprovação”, comemora.

O Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação em exercício, Alberto Moura de Castro, acredita que a UFRR está se consolidando no campo da pesquisa científica e esta aprovação estimula ainda mais o corpo docente nessa direção. “Em linhas gerais, a Capes leva em consideração para aprovação de um Mestrado que a Instituição tenha uma estrutura que atenda as exigências do curso como salas de aula, laboratórios e bibliotecas, além de um corpo docente com titulação e produtividade científica para dar o devido suporte ao programa”, explica.

A UFRR possui hoje, com essa aprovação, cinco Programas de Pós-Graduação, nas áreas de Recursos Naturais, Agronomia, Física e Química. O Pró-Reitor em exercício disse ainda que já foi encaminhado para a Capes a proposta de implementação do mestrado em História.

Mestrado em Letras

O Mestrado é o primeiro na área de ciências humanas e sociais e será constituído por 10 professores das áreas de História, Educação e Literatura do quadro permanente da UFRR, com titulação em doutorado. O Mestrado é destinado aos graduados em Letras e áreas afins. O processo de seleção contará com uma prova de conhecimento específico, prova em língua estrangeira, pré-projeto de pesquisa e entrevista, com caráter classificatório e eliminatório.

 

Compartilhar