UFSJ oferta Alfabetização e letramento para a Terceira Idade

Entre os programas de extensão da UFSJ, figura o Grupo de Alfabetização e Letramento para Pessoas da Terceira Idade, coordenado pela professora Mônica Todaro, do Departamento de Ciências da Educação (Deced). O objetivo do programa é assegurar a idosos que não sabem ler e nem escrever o direito à instrução formal, equalizando a exclusão daqueles que não puderam frequentar a escola.

O Grupo pretende contribuir para reparar uma dívida social derivada da realidade de São João del-Rei, cidade que, de acordo com o Censo 2010, registra a marca de 8 mil analfabetos. A intervenção planejada por esse programa quer garantir à pessoa idosa que queira se alfabetizar o direito de aprender, de maneira respeitosa, participativa e democrática. “É essencial nos posicionarmos como indivíduos que participam de uma instituição que promove o acesso ao conhecimento e ao saber”, avalia o bolsista Lucas Rocha.

Outra frente de atuação que se destaca é o estímulo aos discentes, ao abrir frentes de vivência de uma prática educativa direcionada a um público específico. Para Lucas Rocha, fazer parte do Grupo de Alfabetização e Letramento para Pessoas da Terceira Idade é “oportunidade ímpar de formação”. Como educador, uma das mais importantes dimensões profissionais é o engajamento social e político. “Certamente, essa vertente será incrementada e construída por meio da minha participação neste programa”, afirma.

Mais informações na página do Comunica Extensão: https://goo.gl/q8chBm

 

Compartilhe: