UFSJ – Pacientes renais: em meio à pandemia, projeto modifica programa de atividades

UFSJ – Pacientes renais: em meio à pandemia, projeto modifica programa de atividades

O projeto de extensão QualiRenal, do curso de Medicina da UFSJ, que atende pacientes renais crônicos desde 2018, modificou seu programa de atividades devido às medidas de distanciamento social. O acompanhamento semanal dos 108 pacientes da clínica de hemodiálise RenalClin, anexa ao Hospital das Mercês, em São João del-Rei, passou a se realizar por telefone.

O objetivo das consultas é monitorar possíveis sintomas e alterações psicológicas, identificar demandas relacionadas à assistência social e orientar a adoção das recomendações do Ministério da Saúde. “Ainda há pacientes resistentes às medidas de segurança e distanciamento social necessários nesse momento. Conscientizá-los e convencê-los dessa importância é um desafio diário”, relata Lorena Diniz, estudante do curso de Medicina que integra o projeto.

Coordenado pela professora Jacqueline Domingues Tibúrcio, o QualiRenal conta com seis estudantes do curso de Medicina e cinco servidores. Além do atendimento a distância, o projeto atua em mais quatro frentes: capacitação da equipe, produção de material didático, criação de rede de informações e arrecadação de máscaras e cobertores.

Capacitação

Os integrantes do projeto participaram dos seguintes treinamentos: Evitando epidemia SARS-COV-2: capacitação para acadêmicos da área da saúde UFMG para tirar dúvidas da população, oferecido pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG); Coronavírus (Covid-19): manejo dos casos suspeitos, com profissionais do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein; Covid-19: manejo da infecção causada pelo novo coronavírus, com a Fiocruz; e o curso Manejo de síndrome gripal e suas complicações, ofertado pelo Hospital Sírio Libanês.

Material didático e informação

O grupo criou e distribuiu panfletos com orientações básicas sobre como se prevenir do contágio do novo coronavírus. Produziram vídeos para os pacientes assistirem durante as sessões de diálise, com conteúdo explicativo sobre como a Covid-19 surgiu, quais os sintomas, sinais de atenção, como lavar as mãos de forma correta, sem descuidar de temas específicos aos pacientes renais.

Em seu perfil no Instagram, o QualiRenal combate a disseminação de fake news, publicando dicas sobre o modo de lidar com a Covid-19 na diálise.

 

Arrecadação de máscaras e cobertores

Em parceria com o projeto Doando Máscaras, realizado em conjunto pela Secretaria de Esportes de São João del-Rei e por costureiras voluntárias, foram distribuídas, até meados de junho, 176 máscaras a pacientes renais, acompanhadas de material explicativo sobre o uso adequado do equipamento de proteção individual. A preocupação surgiu do relato de que nem todos que estavam na sala de hemodiálise usavam máscaras, fato grave para um procedimento que dura em média quatro horas.

Foram arrecadados também, em parceria com a RenalClin, cobertores de microfibra para que os pacientes pudessem enfrentar confortavelmente e com segurança as baixas temperaturas de inverno. Para que não houvesse utilização de cobertores por mais de um paciente, impedindo assim a disseminação do vírus no ambiente, cada um deles recebeu uma peça de uso individual.

Para acompanhar as ações do projeto, acesse o perfil no Instagram.

Compartilhar