UFSJ – Reitoria se reúne com equipe responsável pelo novo PDI

A equipe da Reitoria e os pró-reitores da instituição se reuniram com Comitê Executivo, responsável pela elaboração do novo Plano de Desenvolvimento Institucional da UFSJ (PDI) para apresentação do projeto e cronograma de trabalho.

O Comitê é composto pelos técnicos-administrativos Márcio Eugênio Silva Moreira e Bruno Nascimento Campos; pelos professores Gustavo Melo Silva, Roberto Pires Calazans Matos e Stella Maris Resende; além do novo vice-reitor da Universidade, professor Valdir Mano, que será o coordenador geral do processo de elaboração do PDI para o quinquênio 2019-2023. O Comitê foi instituído por meio da portaria nº 492/2018 de 28 de agosto.

Construção coletiva e participativa

A proposta para o desenvolvimento do trabalho prevê participação efetiva da comunidade universitária e aprovação final pelo Conselho Universitário (Consu). Segundo o reitor Sérgio da Gama Cerqueira, o novo PDI se beneficiará da reflexão realizada sistematicamente desde 2010, sob orientação da Comissão Permanente de Avaliação (CPA), que produziu um diagnóstico da UFSJ, e da avaliação externa, realizada em 2015, por meio de visita da equipe do Instituto Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação (MEC), quando do recredenciamento da UFSJ.

O documento terá a participação efetiva da comunidade universitária, que poderá se manifestar nas audiências públicas que ocorrerão nas quatro cidades onde a UFSJ possui campus e também por meio de página na internet.

Dimensão estratégica

O Plano de Desenvolvimento Institucional é dimensão obrigatória de avaliação das universidades, segundo determina a legislação que regulamenta o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). A construção do documento deve ser feita de forma autônoma e crítica, com atenção às referências legais e normativas, e seu texto deve ser conciso e claro, de modo a permitir, tanto à própria UFSJ como ao MEC, identificar e monitorar o cumprimento dos objetivos institucionais estabelecidos.

O conteúdo básico do Plano de Desenvolvimento Institucional deve conter, entre outros itens, projeto pedagógico; políticas de atendimento aos discentes; oferta de cursos e programas de pós-graduação; perfil do corpo docente e dos tutores de educação a distância; organização administrativa e políticas de gestão; projeto de acervo acadêmico em meio digital; infraestrutura física e instalações acadêmicas; demonstrativo de sustentabilidade financeira; oferta de educação a distância; avaliação e acompanhamento institucional.

?Após a aprovação pelo Consu, deverá ser instalada, a comissão permanente para o acompanhamento da implementação do Plano. A ideia é que essa etapa confira ao instrumento maior eficácia, tanto como elemento organizador da evolução institucional, quanto como ferramenta de apoio à avaliação?, explica o coordenador geral Valdir Mano.

Para Sérgio Cerqueira, mais que uma exigência formal e pré-requisito para o recredenciamento periódico da Universidade no Ministério da Educação, o PDI representa uma oportunidade especial para a comunidade acadêmica refletir sobre os rumos que a instituição quer e deve tomar, não apenas com relação a questões acadêmicas e administrativas, mas também no tocante a ações estratégicas que levem ao fortalecimento da UFSJ como universidade pública, gratuita e de qualidade.

Confira as responsabilidades do Comitê

O Comitê Executivo será responsável por:

  • Liderar o processo de construção do PDI, considerando, entre outros dados, os resultados advindos dos Relatórios Anuais de Avaliação da Comissão Própria de Avaliação do período entre 2014 e 2017;
  • Propor ao Conselho Universitário a metodologia de construção do novo PDI;
  • Designar, instruir e acompanhar Grupos de Trabalho temáticos, compostos de forma participativa e representativa;
  • Coordenar, orientar, acompanhar e monitorar todos os trabalhos realizados; supervisionar o desenvolvimento das ações, eventos e etapas de elaboração do novo PDI;
  • Realizar audiências públicas visando a participação de toda a comunidade universitária no processo de construção do novo PDI;
  • Responsabilizar-se por outras demandas que porventura surgirem durante o processo de construção do novo PDI;
  • Estudar e revisar as minutas parciais; organizar o documento final e enviar ao Consu;
  • Transmitir todo o conhecimento acumulado durante o processo para a comissão responsável por acompanhar e avaliar o desenvolvimento institucional durante a execução do novo PDI.
Compartilhe: