UFSM e UFC vão à França para intensificar projeto de formação de engenheiros

UFSM e UFC vão à França para intensificar projeto de formação de engenheiros

Professores da Universidade Federal do Ceará e da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) cumpriram a primeira missão presencial de trabalho em universidades francesas com o objetivo de implementar o projeto BRAFISAT: Cooperação Brasil-França na Formação de Engenheiros para Exploração de Micro e Nanossatélite.

O BRAFISAT é um projeto de cooperação bilateral que propicia mobilidade acadêmica a estudantes brasileiros e franceses, com possibilidade de dupla diplomação. Além disso, visa formar engenheiros na área de aplicações espaciais.

A participação da UFC no projeto foi aprovada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) em 2018. Além da federal do Ceará, também participam a UFSM e o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).

Três estudantes da UFC já se encontram em intercâmbio na França no âmbito do BRASIFAT, ao lado de outros nove brasileiros. Em 2020 e 2021 a expectativa é que sejam selecionados, por meio de edital, mais oito alunos de engenharias da UFC, principalmente as de computação, telecomunicações e elétrica.

No fim de setembro, foi realizada a primeira missão presencial brasileira do BRAFISAT na França. Na UFC, o projeto tem como representante o Prof. Jarbas Silveira, do Departamento de Engenharia de Teleinformática. Ele e o Prof. João Baptista, da UFSM, visitaram os grandes laboratórios de pesquisas das universidades francesas envolvidas no projeto e apresentaram as atividades desenvolvidas no Brasil.

“Como resultados, teremos o engajamento dos alunos em estágios e atividades relacionadas ao BRAFISAT. Além disso, poderemos discutir futuros projetos em conjunto, a depender da disponibilidade de recursos”, explicou o Prof. Jarbas.

Na França, estão envolvidas no BRASIFAT cinco instituições: Université Grenoble Alpes, Université de Montpellier, Institut Polytechnique de Grenoble, Institut Polytechnique de Bordeaux e École Nationale Supérieure des Mines de Saint-Étienne.

Compartilhar