UFSM inaugura Sistema de Gerenciamento de Energia

UFSM inaugura Sistema de Gerenciamento de Energia

UFSM inaugura, na próxima segunda-feira (13), um Sistema Inovador de Gestão e Gerenciamento de Energia Elétrica. O sistema dá continuidade ao Projeto de Eficiência Energética da Universidade e conta com financiamento da Companhia Piratininga de Força e Luz (CPFL Energia). A cerimônia será realizada no Salão Imembuí, no segundo andar do prédio da Reitoria, às 15h30. Estarão presentes, o reitor, Paulo Burmann, e os coordenadores do projeto, professores Tiago Marchesan e Daniel Bernardon. 

O Sistema de Gestão e Gerenciamento de Energia Elétrica é resultado de três anos de pesquisas conduzidas junto ao Centro de Tecnologia da UFSM. Os resultados das pesquisas estão sendo aplicados na gestão energética da Universidade e também serão explorados comercialmente pela Fox Solutions, startup incubada pela Pulsar UFSM, que desenvolve soluções para o monitoramento inteligente do consumo de energia elétrica.  

De acordo com o Tiago Marchesan, o sistema engloba uma Central de Monitoramento, integrando 60 medidores de energia individualizados, instalados nas diferentes unidades acadêmicas do campus sede da UFSM. Permitindo o acesso remoto, inclusive via smartphone, o sistema vai possibilitar o monitoramento em tempo real do consumo de energia elétrica nos principais prédios do campus. Desta forma, a gestão da Universidade poderá identificar possíveis gargalos e atuar de forma mais eficiente na redução dos gastos com energia elétrica. 

“Esse sistema inovador é resultado de pesquisas desenvolvidas na Universidade, com financiamento externo. É um produto da UFSM, que será utilizado para melhorar a gestão energética da instituição e, ao mesmo tempo, será explorado comercialmente por uma startup incubada pela Universidade”, comemora Marchesan. Ele destaca, ainda, que o sistema de gestão desenvolvido pela Fox Solutions tem um amplo potencial de mercado, podendo ser aplicado a várias concessionárias de energia, no Brasil e no exterior. 

Por meio do Projeto de Eficiência Energética, no ano passado, a UFSM inaugurou uma Usina de Microgeração Solar Fotovoltaica, com potência de 100 kW, e fez a substituição, por lâmpadas de LED, de 1,3 mil lâmpadas fluorescentes em salas de aula e espaços internos e 56 lâmpadas de vapor de sódio da Avenida Roraima. Também a iluminação do estacionamento do Centro de Tecnologia passou a contar com 14 lâmpadas de LED.

Compartilhar