UFT – O papel do movimento estudantil na criação do estado

UFT – O papel do movimento estudantil na criação do estado

Na semana em que o Estado do Tocantins comemora 25 anos, a Universidade Federal do Tocantins está fazendo uma série de matérias ligadas ao assunto, com diferentes focos. Na matéria de hoje você vai conhecer um pouco mais sobre o movimento estudantil e seu papel na criação do estado. As informações são frutos da dissertação de mestrado da professora Jocyléia Santana, que realizou uma pesquisa nos anos de 1994 a 1996, resultando em um livro – O sonho de uma geração: o movimento estudantil em Goiás e Tocantins.

Em sua pesquisa, ela aborda a trajetória da Casa do Estudante do Norte Goiano (Cenog), no período de 1959 a 1968. O movimento que nasceu em Pedro Afonso e expandindo-se por outras cidades goianas tinha finalidades assistencialistas e declarava-se de caráter apolítico; com o passar do tempo, terminou incorporando e liderando a causa separatista. O lema do grupo era Tudo pela redenção do Norte Goiano e um dos seus objetivos era emancipar a porção setentrional do Estado de Goiás.

Santana explica que essa entidade estudantil acabou se caracterizando em uma escola de formação política para os estudantes e os movimentos sociais da região. “A Cenog foi uma importante precursora no processo político de separatismo do sul de Goiás com o norte, atual estado do Tocantins”, destaca ela.

Para conseguir descobrir tudo que acontecia naquela época, a pesquisadora entrevistou membros da Cenog e visitou as câmaras municipais de Porto Nacional, Gurupi e Araguaína, para obter informações. Com tudo isso, ela pode conhecer um pouco mais sobre a história do movimento.

Nos anos 60, as principais cidades do Norte goiano estavam localizadas às margens dos rios Araguaia e Tocantins, como Pedro Afonso, Porto Nacional e Araguacema. Na época, a BR-153 ainda não havia sido construída; os trabalhos de construção só iniciaram nos anos 70. Por isso, o movimento estudantil saía de Pedro Afonso para lutar por moradia, por escolas, por universidades – não existiam universidades no norte goiano – elas só vieram nos anos 90.

Nesse período vários congressos foram realizados em Porto Nacional, Tocantínia e Araguacema, chegando a reunir mais de 800 mil jovens, que mudou a história do Estado, por juntos terem fundado a Conorte (Comissão de Estudos dos Problemas do Norte). E foi a Conorte quem deu continuidade a esse “grito” dos estudantes, que tornaram-se profissionais liberais e estavam se juntando de forma organizada, agora com recursos disponíveis, fazendo revistas e panfletos em defesa do movimento separatista.

A luta foi árdua, o movimento estudantil, que passava pelo contexto da ditadura militar, manteve seu ideário e lutou por liberdade, gerando o lema da época: Dividir para Progredir. Deu certo! Se você quiser saber ainda mais sobre o assunto, leia o livro “O sonho de uma Geração: o movimento estudantil- Goiás e Tocantins”, de 2007, da editora UCG.

Sobre a pesquisadora – Jocyléia Santana é doutora em História, mora em Palmas (TO), testemunhou os feitos da emancipação da região em 1988. Graduou-se em História pela Universidade Católica de Goiás (1991), tendo participado do projeto interinstitucional Movimento Estudantil em Goiás: trinta anos de história como bolsista Pibic/UCG/CNPq.

Deu continuidade ao intento de pesquisadora ao desenvolver dissertação de Mestrado e tese de Doutorado, com apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Ensino Superior(CAPES), na Universidade Federal de Pernambuco. É co-autora do livro A (trans)formação histórica do Tocantins (Ed. da UCG) e atualmente é Coordenadora do Mestrado em Educação da UFT e Avaliadora do MEC/INEP. Atualmente prepara um livro sobre a história da televisão no Tocantins.

 

 

Por Virgínia Magrin

 

 

How to Make a Fleece Hat With Tassels
free games online senior lecturer senior lecturern

Sofia Vergara to debut clothing line at Kmart
online games powerful interest in development variations

Hurricane Would Present an Interesting Legal Question
mermaid wedding dresses Don’t worry if classes are full new sessions are offered year round

How to Wear Fashion Fads Over 40
forever 21 Gianni Versace One of the Twentieth Century’s most talented designers

renters want to buy the house
onlinegames set to debut on DVD in December 2006

Find the blues in and around Atlanta September 8
jeux I never seen any

How to Add Saw Palmetto to Your Shampoo
kleider Leave your comments suggestions below

Sephora at Regency Square in Richmond
games can be found there a less expensive method to chubbies shorts found a strength 31 midsection

Compartilhar