UFT – Prefeituras tocantinenses discutem demandas para parceria com projeto do Centro de Desenvolvimento Regional

UFT – Prefeituras tocantinenses discutem demandas para parceria com projeto do Centro de Desenvolvimento Regional

Os pesquisadores apresentaram a proposta de implementação do Centro de Desenvolvimento Regional para atuar na Região Metropolitana de Palmas, na Perspectiva da Agenda 2030. Após esse momento, foram listadas as demandas prioritárias por representantes das prefeituras que compõem a região, com o propósito de alinhá-las ao projeto. Participaram do encontro cerca de 50 pessoas, entre prefeitos e demais gestores municipais, lideranças políticas, professores e estudantes.

A proposta do Centro de Desenvolvimento Regional é a de promover articulação com atores locais, como governo, universidade, associações e empresários, buscando o desenvolvimento do território. Nesse contexto, a proposta apresentada por alunos de mestrado e doutorado do PPGDR mostrou aos presentes que o Centro poderá contribuir na melhoria dos indicadores econômicos e sociais dos municípios da Região Metropolitana de Palmas.

Na oportunidade, foram coletados dados sobre pontos fortes e fracos dos municípios para que, a partir desses indicativos, sejam definidas as prioridades e efetivar o Centro. Finalizando essa etapa, as prefeituras interessadas já poderão procurar a UFT para firmar parcerias.

Durante o evento, o professor Waldecy Rodrigues ressaltou a importância da implantação do Centro de Desenvolvimento Regional da Região Metropolitana de Palmas; e o também professor João Bazzoli destacou que os futuros trabalhos a serem desenvolvidos pelo Centro teriam como parâmetros os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), na perspectiva da Agenda 2030.

O coordenador executivo do Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico, Rodrigo Farias, enfatizou a importância da articulação sugerida pela proposta dos alunos, ponderando a necessidade de um trabalho consistente na construção de objetivos definidos e claros, condição que possibilitará certamente acesso a recursos de editais nacionais e internacionais.

Indicadores

Na ocasião, o prefeito de Tocantínia, juntamente com outros representantes regionais, em observância aos indicadores socioeconômicos apresentados pelo doutorando Fernando Lima, considerou a parceria entre a UFT e os municípios uma necessidade, tendo em vista que Tocantínia e outros municípios tocantinenses não aparecem no gráfico de desenvolvimento da região.

O presidente da ATM, Jairo Mariano, destacou que a Associação tem feito várias parcerias com a UFT e enfatizou seu interesse na implementação do Centro, complementou sugerindo que as atividades futuras não se restringissem apenas à Região Metropolitana de Palmas, mas fossem ampliadas para todo o Estado.

Também presente ao evento, o deputado Junior Geo demonstrou total interesse em apoiar a implantação do Centro de Desenvolvimento Regional, pois destacou a dificuldade dos pequenos municípios em captar recursos, devido à falta de profissionais capacitados para criar projetos relacionados ao desenvolvimento regional sustentável dessas localizações.

Participaram ainda do evento os prefeitos de Barrolândia, Adriano José Ribeiro; e de Palmeirópolis, Fábio Vaz. Executivos de outros municípios da região que não puderam estar presentes, mandaram representantes.

Projeto de extensão

O evento foi organizado pelos alunos Fernando Silva, Hamistenie Rossana Soares, Saionara Gomes e Jailane Janaína, sob a coordenação dos professores Waldecy Rodrigues e João Bazzoli, e faz parte do projeto de extensão “Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS): atores e ações locais para compreensão e apropriação da Agenda 2030”, desenvolvido por mestrandos e doutorandos do PPGDR-UFT.

Compartilhar