UFT reservará 25% das vagas para novo Enem

UFT reservará 25% das vagas para novo Enem

Uma em cada quatro vagas da Universidade Federal do Tocantins (UFT) em 2010 será preenchida através do processo seletivo usando o novo modelo do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A decisão pela reserva de 25% das vagas foi tomada no final da manhã desta quarta-feira (27), após reuniões dos conselhos de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) e Universitário (Consuni).

Participam dos conselhos o reitor Alan Barbiero, o vice-reitor José Expedito Cavalcante, os pró-reitores, os diretores de campus, além de dois representantes dos docentes, discentes e técnicos administrativos.

Segundo dados divulgados na reunião, o novo modelo de ingresso ocorrerá por volta do mês de outubro deste ano, com oferta de aproximadamente 800 vagas. O processo seletivo pelo vestibular ofertará cerca de 2,4 mil vagas, entre os meses de novembro e dezembro.

Conforme o reitor da UFT, Alan Barbiero, a decisão tomada foi bastante madura. "Primeiro, a UFT indica que ela quer que o processo de seleção passe a induzir mudanças no Ensino Médio; que queremos continuar a discussão com dados mais objetivos a partir do uso desse processo no próximo ingresso na UFT; e que nós estamos criando duas possibilidades, tanto pelo Enem quanto pelo vestibular. Isso não restringe a participação das pessoas, pelo contrário, cria alternativas de ingresso", diz o reitor.

Ainda segundo Barbiero, a UFT é cautelosa no sentido de não promover grandes mudanças no preenchimento das vagas, que hoje é majoritariamente de pessoas do próprio estado e das circunvizinhanças do Tocantins. "Uma comissão já foi formada para dar sequencia aos estudos sobre os resultados do processo seletivo através do Enem", pontua o reitor, enfatizando que de acordo com os resultados da avaliação, conforme o conjunto dos dados, a UFT poderá avançar ou regredir em relação à disposição de vagas através do Exame.

 

 

Compartilhar