UFU – Diretores das unidades acadêmicas do Campus Pontal tomam posse

Antes do desmembramento, a Facip era a maior unidade Acadêmica da UFU, com 11 cursos nas diversas áreas

Em solenidade realizada nessa segunda-feira, 11/6, o reitor da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Valder Steffen Júnior, empossou os diretores de três unidades acadêmicas vinculadas ao Campus Pontal, em Ituiutaba. A Faculdade de Administração, Ciências Contábeis, Engenharia de Produção e Serviço Social (Faces) será coordenada pela professora Edileusa da Silva; o Instituto de Ciências Exatas e Naturais do Pontal (Icenp), pela professora Rosana Maria Nascimento de Assunção e o Instituto de Ciências Humanas (ICH), pelo professor Hélio Carlos Miranda de Oliveira.

O desmembramento da Faculdade de Ciências Integradas do Pontal (Facip), em três unidades acadêmicas, foi aprovado em dezembro do ano passado, durante reunião do Conselho Universitário (Consun). “Na realidade, hoje, a Facip deixa de existir porque ela se reorganizou nessas três novas unidades”, explicou a diretora do Icenp, que reúne os cursos de Matemática, Física, Ciências Biológicas e Química. “Isso vai possibilitar a gente avançar um pouco mais na consolidação desses cursos”, lembrou a professora.

Os diretores foram definidos por meio de consulta eleitoral, realizada no mês de maio, que envolveu a comunidade universitária. Após a consulta, foi elaborada lista tríplice e definidos os nomes dos diretores. “Foi um sonho da comunidade, a questão do desmembramento, democraticamente discutido”, ressaltou Edileusa da Silva, diretora da Faces que reúne os cursos de Administração, Ciências Contábeis, Engenharia de Produção e Ciências Sociais. “Agora nós esperamos, com um conselho menor, – a Faces com 41 professores -, discutir outros assuntos pedagógicos com profundidade, nas áreas afins”.

Antes do desmembramento, a Facip era a maior unidade Acadêmica da UFU, com 11 cursos nas diversas áreas do conhecimento. Hélio Carlos Miranda de Oliveira era diretor da unidade e agora assume o Instituto de Ciências Humanas que reúne os cursos de Geografia, História, Pedagogia e mestrado em Geografia. De acordo com o professor, “em função da complexidade, era mais difícil encontrar um consenso em diversas áreas” e apontou os desafios iniciais da nova estrutura, “reformular projetos pedagógicos e elaborar o regimento da unidade acadêmica”.

O reitor Valder Steffen lembrou que o desmembramento da Facip e as posses dos diretores se dão em um momento em que a UFU celebra 40 anos de federalização, e destacou: “vamos passar essa transição e, dentro em breve, tudo estará funcionando adequadamente, como as unidades acadêmicas que temos na Universidade Federal de Uberlândia”. Valder reforçou que a participação da comunidade universitária será muito importante, nesse momento. “O entusiasmo de todos nós é que garante o funcionamento da universidade pública”, disse. O reitor lembrou, ainda, a representatividade que as unidades passam a ter a partir de agora. “Os diretores são parte da administração superior da universidade, compondo o Conselho Diretor e repartindo com a gestão todas as responsabilidades de condução do processo administrativo da instituição”, destacou.

A solenidade aconteceu no Campus Pontal e contou também com as presenças dos pró-reitores de Graduação, Armindo Qüilicci; Pesquisa e Pós-Graduação, Carlos Henrique de Carvalho; Assistência Estudantil, Elaine Calderari; Extensão e Cultura, Hélder Silveira; Gestão de Pessoas, Márcio Magno Costa; Planejamento e Administração, Darizon Andrade; do chefe de gabinete, Clésio Lourenço Xavier e da procuradora Bianca Lobato.

Compartilhe: