UFU – Reitor reforça necessidade de investimentos nas universidades federais

UFU – Reitor reforça necessidade de investimentos nas universidades federais

Reitor e professor do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), Anderson Ribeiro Correia assumiu a presidência da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC) no início deste ano, nomeado pelo ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez. A presença de Correia foi o grande destaque da CLXXV Reunião Ordinária do Conselho Pleno da Andifes, a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), realizada no último dia 6, em Brasília. Na ocasião, ele assegurou que o orçamento da Capes está mantido para 2019 e que “não há perspectiva de corte de bolsas”.

À frente da Andifes na Gestão 2018-2019, o professor Reinaldo Centoducatte, da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), se manifestou satisfeito com as declarações de Correia e reiterou o quanto a parceria entre a associação e a Capes é salutar: “Queremos agradecer pelo reconhecimento que foi expressado na importância do sistema de universidades federais para o ensino superior. Nós queremos essa relação de proximidade, para que possamos defender juntos esse sistema.”

A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) foi representada no evento pelo seu reitor. Um dos que fizeram uso do microfone, o professor Valder Steffen Jr. aproveitou a oportunidade para enaltecer o papel das universidades federais como vetores de desenvolvimento em todo o território brasileiro, devido à grande capilaridade que possuem.

Neste cenário, segundo Steffen, os programas de pós-graduação oferecidos por estas instituições se tornam agentes fundamentais para a viabilização dos projetos que têm sido mencionados pela equipe montada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL). “O novo governo destaca entre os seus objetivos o desenvolvimento tecnológico, o incentivo à inovação e coisas desta natureza. Temos levantamentos que demonstram o percentual impressionante das pesquisas brasileiras que são realizadas nas universidades federais. Daí o papel de fundamental importância que temos em tudo aquilo que possa estar relacionado ao desenvolvimento de um país com as condições do nosso”, frisou. (Com informações da CCS/CAPES)

Compartilhar