UnB – Universidade desenvolve solução de certificação digital para documentos em PDF

UnB – Universidade desenvolve solução de certificação digital para documentos em PDF

Se você trabalha com computadores, deve ter se deparado uma ou mais vezes com arquivos no formato PDF. Nas próximas semanas, deve estar disponível uma nova funcionalidade para esse tipo de documento, desenvolvida pela Universidade de Brasília, em parceria como o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI) e a Adobe Reader: um plugin (ou módulo de extensão) que permitirá a assinatura digital e a verificação de assinaturas digitais, sem necessidade de baixar um outro programa para isso.

Professor Tiago Fonseca, coordenador do projeto, apresentou usos da ferramenta no CertForum 2019. Foto: André Gomes/Secom UnB

A ferramenta foi criada por professores e estudantes da Faculdade UnB Gama (FGA), a pedido do ITI, órgão ligado à Casa Civil da Presidência da República. “Esta é a primeira experiência de implementação de uma política de assinatura digital no mundo”, diz o professor Tiago Fonseca, coordenador do projeto. “Apresentamos agora os resultados da cooperação para a criação desse plugin gerador, usando uma ferramenta de referência, que é o Adobe PDF”, detalhou.

Com o novo módulo de extensão, não será mais necessário baixar outro programa para realizar a assinatura digital em PDFs, tampouco imprimir o documento, assinar e depois digitalizá-lo novamente, algo que demanda tempo e é pouco sustentável. “O serviço público deve perceber de uma forma bastante positiva, mas esse recurso pode atender a todos os cidadãos, uma vez que o PDF é a ferramenta líder no Brasil”, disse o professor Tiago.

O projeto teve início em 2018 e foi realizado via Termo de Execução Descentralizada (TED). “Este é mais um bem-sucedido exemplo da interação entre a Universidade e o governo, em prol da melhoria de processos e da desburocratização”, destacou a reitora Márcia Abrahão, lembrando que a UnB foi pioneira em diversas medidas de modernização, entre elas, o diploma digital, lançado no ano passado.

Reitora Márcia Abrahão demonstrou satisfação em ver a UnB desenvolvendo soluções para a sociedade, em fala no CertForum 2019. Foto: André Gomes/Secom UnB

A reitora também fez questão de ressaltar a atuação dos professores e estudantes do campus do Gama. “Quando estávamos planejando a expansão da UnB, muitos questionavam por que deveríamos investir em um local tão distante. Hoje, percebemos a excelência da produção desta unidade, já consolidada, com cursos nas áreas de engenharia”, pontuou.

FORMAÇÃO  Eduardo Jordão, representante para soluções Adobe na América Latina, elogiou a parceria e os resultados alcançados. “Quem mais se beneficia disso é a indústria, que pode contar com o trabalho e a expertise de excelentes profissionais, que atuam tanto no ITI quanto neste projeto específico”, disse.

O mesmo aspecto foi mencionado pelo diretor de Infraestrutura de Chaves Públicas do ITI, Eduardo Lacerda, ex-aluno da UnB. “Com esse tipo de iniciativa, estamos formando estudantes para um mercado de trabalho pujante, essencial para a cadeia produtiva”, observou. “O ITI já tem anos de parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina, mas ampliar nossa atuação junto a outros centros de pesquisa é muito positivo, especialmente com a UnB, que é a minha casa.”

Compartilhar