UNIFAL-MG cede espaço para ajudar nos atendimentos à população durante a pandemia do coronavírus

UNIFAL-MG cede espaço para ajudar nos atendimentos à população durante a pandemia do coronavírus

Visando contribuir com sistema de saúde pública de Alfenas e Varginha durante a pandemia de Covid-19, a UNIFAL-MG disponibilizou as instalações de alguns prédios para atendimentos e como centro de apoio. Em Varginha, os prédios B e C do campus foram cedidos, temporariamente, para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e, em Alfenas, espaços da Unidade Santa Clara, onde funciona o Centro de Especialidades Médicas (CEM) da Universidade, estão à disposição da Prefeitura Municipal de Alfenas.

No primeiro momento, os espaços da UNIFAL-MG serão utilizados para atendimentos rápidos de casos não relacionados à Covid-19 com objetivo de evitar aglomeração nas unidades de saúde das respectivas cidades. No caso de Varginha, o campus ficará aberto 24 horas por dia para atendimento dos pacientes da UPA. A ação prevê a parceria com a Guarda Municipal e com a Polícia Militar para garantir a segurança do local.

Conforme o diretor do campus de Varginha, Prof. Leandro Rivelli Teixeira Nogueira, a parceria foi estabelecida por iniciativa da direção da UPA. Após consulta à Reitoria, ao Conselho de Direção do campus e aos docentes e discentes que utilizam algumas das salas,  o campus cedeu os espaços para reforçar o atendimento à população. “Não tivemos dúvida de que esta seria uma excelente forma de contribuirmos para a saúde e para o bem-estar da população de Varginha e região”, diz.

Ainda de acordo com o Prof. Leandro Rivelli,  o Plano de Contingência da Prefeitura Municipal de Varginha não descarta a possibilidade de contar com os espaços do campus da UNIFAL-MG para um hospital de campanha, a fim de receber casos leves, na hipótese de aumentos de ocorrências na cidade. “Torcemos para que não haja necessidade de utilização do espaço em sua totalidade, pois, se for utilizado, será um sinal de aumento de casos de infecção pelo coronavírus na nossa região”, ressalta.

O reitor da UNIFAL-MG, Prof. Sandro Amadeu Cerveira, acredita que as parcerias possuem dois significados importantes no atual contexto. O primeiro, em sentido concreto, está relacionado à ampliação da capacidade de atendimento do sistema de saúde pública, garantindo que os pacientes em estado mais grave sejam atendidos devidamente nas unidades de saúde. Já o segundo sentido se insere na dimensão simbólica, pois reflete o momento de união entre as esferas do poder público em benefício da população. “Vivemos um desafio extremamente difícil. Apenas com a união e com todos contribuindo na mesma direção, vamos ser bem sucedidos nesse enfrentamento da pandemia.”

Ainda não há previsão para o início dos atendimentos nos espaços da UNIFAL-MG. Acesse também a seção UNIFAL-MG na Mídia, com a repercussão da notícia sobre a cessão do campus Varginha para apoiar o atendimento da UPA: Campus Varginha cede prédios para receber pacientes da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) durante a pandemia

Compartilhar