UNIFAP – Pesquisadores investigam as propriedades farmacológicas da Cannabis 

UNIFAP – Pesquisadores investigam as propriedades farmacológicas da Cannabis 

As pesquisas visam o tratamento de doenças neurodegenerativas e funções terapêuticas.

Pesquisadores desenvolvem, no Laboratório de Pesquisas de Fármacos, do Departamento de Ciências Biológicas e da Saúde da Universidade Federal do Amapá (UNIFAP), estudos sobre o óleo de Cannabis para a intervenção de doenças neuropáticas (neurodegenerativas) como a epilepsia, por exemplo.

O projeto é financiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, o (CNPQ), e por Indústrias Farmacêuticas. As pesquisas tiveram início em março de 2019 e continuam em fase de testes. O período de conclusão do trabalho e apresentação de resultados está previsto para julho de 2020.

“O prognóstico é que todos os ensaios sejam concluídos até meados do ano que vem. Nos ensaios farmacológicos trabalhamos com a perspectiva do parecer sobre o medicamento ser negativo. Por isso, dilatamos os prazos”, explica o coordenador do laboratório, Prof. Tit. Dr José Carlos Tavares.

Dr. José Carlos Tavares fala sobre a pesquisa na produção do fármaco a base de Cannabidiol. Foto: ASCOM/UNIFAP

O doutorando Helison Carvalho, que participa do estudo junto ao seu orientador, Dr. Tavares, pesquisa sobre as propriedades terapêuticas encontradas no canabidiol, substância presente no óleo da cannabisEntre as intervenções, estão as propriedades anti-inflamatórias e relacionadas ao metabolismo.

As características do medicamento serão expostas a partir de ensaios feitos em ratos de laboratório. A pesquisa tem mostrado que determinadas dosagens podem diminuir o acréscimo de gordura na corrente sanguínea. Assim, colaborar na redução de glicemia e atenuar o quadro de diabetes. O projeto seguirá para defesa da tese de doutorado em 2020, com proposta de desenvolver um produto nano tecnológico para ser comercializado.

Compartilhar