UNIFAP – Universidades Federais planejam retomada de atividades no segundo semestre

UNIFAP – Universidades Federais planejam retomada de atividades no segundo semestre

As instituições elaboram planos de trabalho, mas sem datas previstas para retorno presencial.

Sem datas definidas para o retorno das atividades presenciais – administrativas e acadêmicas, as Universidades Públicas Brasileiras (Estaduais e Federais) já estão se antecipando com a formatação de planos para retomada gradual. Os planejamentos seguem as orientações dos governos locais e conjuntura da COVID-19. O Ministério da Educação (MEC) publicou orientação as IFEs por meio do Protocolo de biossegurança para retorno das atividades nas Instituições Federais de Ensino’. 

A primeira fase da retomada ao ‘novo normal’ seria por meio do sistema de ensino remoto emergencial. Entre as medidas previstas pelo MEC, está a liberação de um pacote de plano de dados (internet móvel) para estudantes carentes de universidades e institutos federais, para o retorno das aulas (online) durante a pandemia da COVID-19.

Critérios para retomada

O Protocolo de Biossegurança ressalta “o cronograma de retorno das atividades da comunidade escolar deve ser orientado pelo Governo local – a questão legal de Decretos, e pelas autoridades sanitárias”, garantindo volta gradual com segurança de milhares de alunos, técnicos e professores que ocupam os diversos campi do Brasil. O consenso entre os reitores das Universidades é que esse planejamento seja feito com cautela, a partir das orientações de saúde recomendadas pelas autoridades.

Já o Ministério da Saúde publicou, no mês de junho, a Portaria nº 1.565 que estabelece orientações gerais para o retorno das atividades de forma segura e planejada em todo o país. As orientações também são voltadas à promoção da saúde física e mental da população. O objetivo é apoiar as estratégias locais para retomada segura das atividades e do convívio social, respeitando as especificidades e características de cada setor ou ramo de atividade.

O texto do documento deixa claro que caberá às autoridades e aos órgãos de saúde locais a decisão, após avaliação do cenário epidemiológico e capacidade de resposta da rede de atenção à saúde, quanto a retomadas das atividades. São medidas não farmacológicas que devem ser utilizadas de forma integrada, como distanciamento social, etiqueta respiratória e de higienização das mãos, uso de máscaras, limpeza e desinfeção de ambientes e isolamento domiciliar de casos suspeitos e confirmados.

Planejamento na UNIFAP

Na Universidade Federal do Amapá (UNIFAP), a Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (PROGRAD) elaborou a Proposição do Plano para o retorno gradual das atividades acadêmicas presenciais na Universidade Federal do Amapá (UNIFAP). O texto foi apresentado em reuniões remotas do Conselho Universitário (CONSU). O documento ainda prevê a construção dos Planos Setoriais Específicos para retomada gradual das atividades acadêmicas presenciais, em parceria com os Campi, Departamentos e coordenações de Cursos da UNIFAP. Confira a íntegra do PLANO EM CONSTRUÇÃO.

*O retorno do Plano Setorial Específico das unidades deverá ser encaminhado para Pró-Reitoria de Ensino de Graduação até 14 de julho de 2020.

  • PROGRAD apresenta planejamento do retorno gradual das atividades acadêmicas– Saiba mais: http://abre.ai/beY4
  • PROGRAD expõe motivos para construção do plano de retorno das atividades– Saiba mais: http://abre.ai/bges

Compartilhar