UNIFEI realizará pesquisa em região atingida pela construção do maior mineroduto do mundo

UNIFEI realizará pesquisa em região atingida pela construção do maior mineroduto do mundo

O Programa de Mestrado em Desenvolvimento, Tecnologias e Sociedade (DTecS) da Universidade Federal de Itajubá (Unifei), em contrato com a Cáritas Brasileira Regional Minas Gerais, desenvolverá projeto de pesquisa, em que fará o levantamento das potencialidades na região rural das cidades de Conceição do Mato Dentro, Alvorada de Minas e Dom Joaquim, na serra do Espinhaço, atingidas pela construção do mineroduto Minas-Rio, o maior do mundo, que vem provocando sérios impactos sociais, ambientais e econômicos na região, como especulação imobiliária, degradação ambiental, trabalhadores ligados à construção em condições análogas à escravidão, entre vários outros.

A equipe, coordenada pelos professores Viviane Guimarães Pereira e Carlos Alberto Máximo Pimenta, realizará um estudo nas comunidades rurais atingidas direta e indiretamente pela mineração, que servirá como marco lógico para fomentar a atuação da Cáritas, a qual vem desenvolvendo trabalho de fortalecimento comunitário nas cidades atingidas pela mineração.

A Cáritas, em parceria com o Ministério Público, irá apoiar ações nas áreas rural e urbana, através do acesso a um “Fundo Solidário” que financiará 140 projetos de até R$25 mil cada, no período de até três anos.

Ascom – Universidade Federal de Itajubá

Compartilhar