Unifesp Diadema abre inscrições para pós-graduação em biologia química

Unifesp Diadema abre inscrições para pós-graduação em biologia química

O objetivo do programa de mestrado inédito no Brasil é integrar conhecimentos de Química aplicados aos Sistemas Biológicos

A Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) abriu inscrições nesta segunda-feira para a primeira turma do curso de Pós-Graduação, nível mestrado acadêmico (Strictu Sensu) em Biologia Química no campus Diadema (SP). O curso é inédito no Brasil.

Com dois anos de duração, o programa segue uma tendência mundial de cursos interdisciplinares tendo como objetivo estudar e compreender o efeito das pequenas moléculas em sistemas biológicos, determinantes para desenvolver mecanismos de identificação, tratamento e prevenção de doenças.

“A proposta do programa é formar profissionais com perfil inovador capazes de formular, planejar, desenvolver e avaliar projetos de pesquisa, novas metodologias e produtos, além de capacitá-los para divulgar o conhecimento científico em Biologia Química”, diz a professora Dra. Débora Hipólide, coordenadora do programa.

Entre as disciplinas ministradas durante o curso estão: Fundamentos em Biologia Química, Análise instrumental e suas aplicações, Síntese química básica e aplicada à Biologia, entre outras.

São 20 vagas e as inscrições devem ser feitas até o dia 06 de agosto, no horário das 8h30 às 16h30, pessoalmente com entrega dos documentos na secretaria acadêmica do Campus Diadema localizado à Rua Professor Artur Riedel nº 275, Jardim Eldorado, Diadema (SP). Mais informações podem ser obtidas no site www.unifesp.br/pg/biolqui e pelo telefone (11) 3319-3314

Documentos necessários para efetuar a inscrição

– Ficha de cadastro do candidato (disponível no site www.unifesp.br/pg/biolqui) preenchida e assinada;
– Curriculum Vitae resumido (Identificação, Formação acadêmica e titulação, Estágios no país ou no exterior, Atividade profissional, Artigos publicados, Resumos publicados em anais de congressos);
– Histórico escolar da graduação;
– Carta de apresentação;
– Entrega do Projeto acompanhado do protocolo de envio ao Comitê de Ética e Pesquisa – UNIFESP.

Observação: entregar uma cópia de toda a documentação. As cópias devem ser acompanhadas da apresentação dos documentos originais para conferência.

Unifesp em Diadema

A Unifesp instalou-se em Diadema em 2007 tendo como foco cursos relacionados ao Meio Ambiente, seguindo a vocação da região onde a universidade está instalada, no Jardim Eldorado, às margens da represa Billings, e também visando atender as necessidades do mercado de trabalho local.

Atualmente são 1.330 alunos matriculados em sete cursos de Graduação em Diadema – Ciências Ambientais; Ciências Biológicas; Farmácia e Bioquímica; Engenharia Química; Licenciatura Plena em Ciências, Química e Química Industrial. As aulas são ministradas em três unidades (Eldorado, Florestan Fernandes e Brasília).

Sobre a Unifesp

A Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) foi criada oficialmente em 1994, a partir da Escola Paulista de Medicina, entidade criada em 1933 que foi federalizada em 1956. Na ocasião da criação da Unifesp, a instituição era a primeira universidade brasileira especializada em Saúde, abrigando em seu currículo de graduação os cursos de Medicina, Enfermagem, Fonoaudiologia e Tecnologias Oftálmica e Radiológica.

Em 2005, iniciou-se o projeto de expansão com a criação do campus Baixada Santista. Em 2006 foi criado o campus Guarulhos, seguido de Diadema e São José dos Campos, em 2007, dando seguimento ao processo de ampliação.

O ambicioso processo de expansão fez com que a Universidade saltasse de um para cinco campi e de cinco para 28 cursos. Com os novos campi, a Instituição deixou de atuar exclusivamente no campo da saúde, inaugurando cursos nas áreas de Humanas (Guarulhos), Exatas (São José dos Campos) e Biológicas (Diadema).

Atualmente, a Unifesp conta com 4.442 alunos matriculados nos cursos de Graduação, além de 3.342 discentes nos cursos de Pós-Graduação Stricto Sensu (Doutorado, Mestrado e Mestrado Profissionalizante), outros 8.296 na Pós Graduação Lato Sensu (Especialização e Aperfeiçoamento) e ainda 713 discentes no maior programa de residência médica do Brasil.

A instituição tem em seu quadro 935 docentes, sendo que 94,2% possuem título de doutor, um percentual que marca a qualidade de ensino oferecida pela Instituição.

Em 1940 a universidade, então Escola Paulista de Medicina, inaugurou o Hospital São Paulo, primeiro hospital-escola do País, que hoje é o Hospital Universitário da Unifesp localizado junto ao campus São Paulo, no bairro Vila Clementino.

Ao longo de sua história, a Unifesp se consolidou como um dos principais centros de pesquisa e inovação da América Latina, tendo contribuído com 80.715 trabalhos de produção científica no período entre 2001 e 2009 em várias áreas do conhecimento.

Compartilhar