UNILA cria auxílio-creche para estudantes em situação de vulnerabilidade

UNILA cria auxílio-creche para estudantes em situação de vulnerabilidade

A Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA) abriu inscrição para o auxílio-creche destinado a estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica e que tenham filhos entre 0 e 5 anos e 11 meses. O pedido pode ser feito até o dia 25. “Esse é mais um mecanismo importante para contribuir com as condições para a permanência, na Universidade, de estudantes que tenham filhos”, diz o pró-reitor de Assuntos Estudantis, Elias de Sousa Oliveira.

Segundo ele, o auxílio-creche está previsto no Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES), mas não havia condições de execução. “Mesmo num momento de crise, encontramos o momento e as condições para criar esse auxílio para atender, prioritariamente, as estudantes mães”, explica. Ele estima em 19, o número de estudantes (homens e mulheres) que poderão receber o benefício, com base em levantamentos feitos pela PRAE e pelo grupo Moara, que reúne alunos com filhos.

Poderão receber o benefício, no valor de R$ 250 mensais, estudantes com renda per capita de até 1,5 salário mínimo e que possuam a guarda e responsabilidade legal dos filhos. O auxílio-creche será concedido para apenas um filho, no caso, o de menor idade (leia o edital completo e o informe sobre o auxílio).

O requerimento do auxílio-creche deverá ser protocolado na recepção da PRAE, na unidade onde estiver vinculado o curso do estudante, juntamente com documentos que comprovem a paternidade e a situação socioeconômica, caso o estudante não receba outros auxílios. O auxílio pode ser solicitado entre os dias 10 a 20 de cada mês e o valor será depositado em conta bancária até o 10º dia útil. Neste primeiro mês, o pedido deve ser feito até o dia 25.

Assessoria de Comunicação da Universidade Federal da Integração Latino-Americana

Compartilhar