UNIRIO – Biomedicina no combate à Covid-19

UNIRIO – Biomedicina no combate à Covid-19

Professor do Instituto Biomédico e alunos da Biomedicina analisam material biológico para detecção do coronavírus no Lacen-RJ, laboratório de referência estadual

Um docente do Instituto Biomédico (IB) e 21 alunos do curso de Biomedicina da UNIRIO estão atuando, em caráter voluntário, no Laboratório Central Noel Nutels (Lacen-RJ), para análise de amostras biológicas de casos suspeitos de Covid-19.

Laboratório de referência estadual, o Lacen-RJ participa do processamento das análises de amostras biológicas oriundas da redes pública e privada de saúde.

O professor Eduardo Nogueira, do IB, atua na identificação do RNA do vírus dessa pandemia, o Sars-CoV-2, em amostras suspeitas de pacientes. Em sua atividade, na área de biologia molecular, analisa as reações de RT-PCR em tempo real e analisa os resultados obtidos, identificando os pacientes positivos para a presença do vírus.

Coordenador do Laboratório de Genômica da UNIRIO, Nogueira usa o RT-PCR em tempo real desde seu doutorado e no desenvolvimento de seus projetos de pesquisa cadastrados na nossa Instituição.

Já os estudantes foram selecionados pelas professoras Bianca Ramos Marins Silva e Patrícia Cristina dos Santos Costa, da coordenação do curso de Biomedicina. Eles se dividem em duas frentes de atuação: recepção e processamento de material biológico de casos suspeitos de infecção humana pelo coronavírus; e análise do material biológico processado pela técnica RT-PCR.

A parceria surgiu a convite do diretor do laboratório, Cledmilson Dutra Barboza, por intermédio da docente Rosa Haido, do Instituto Biomédico. As atividades irão prosseguir até que se encerre este período de enfrentamento.

Segundo a Coordenação de Biomedicina, além de somar esforços na luta contra a pandemia de Covid-19, a iniciativa “possibilita a criação de novo cenário prático para aprendizagem dos discentes do curso e a contribuiçāo com as ações de saúde do estado do Rio de Janeiro”.

 

Compartilhar