Univasf: Reitor é empossado para o segundo mandato

Univasf: Reitor é empossado para o segundo mandato

O reitor da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Julianeli Tolentino de Lima, foi empossado nesta quarta-feira, para o segundo mandato como dirigente da instituição, quadriênio 2016-2020. A indicação de Julianeli, o primeiro nome da lista tríplice encaminhada ao MEC para escolha do reitor da Univasf, ocorreu por votação no Conselho Universitário (Conuni) que referendou o resultado da pesquisa eleitoral informal realizada junto à comunidade acadêmica em novembro de 2015, na qual a chapa formada por ele e pelo vice-reitor Telio Nobre Leite recebeu mais de 53% dos votos de estudantes, professores e técnico-administrativos, percentual que lhes garantiu a reeleição em primeiro turno.

7ed6457e-e356-47d0-af59-2bb307c1371e

Isabelle Araújo / MEC

Empossados no primeiro mandato em fevereiro de 2012, Julianeli e Telio deram início ao Programa de Gestão Participativa e Democrática, cujos princípios nortearam as ações nas áreas de ensino, pesquisa, extensão e administrativa, entre as quais, a expansão para o município de Paulo Afonso (BA) que marcou o funcionamento do segundo curso de Medicina oferecido pela Univasf, a abertura do sexto campus, terceiro no estado da Bahia, uma das mais jovens universidades do País que tem como missão o desenvolvimento regional, no âmbito da política de interiorização das instituições federais de ensino superior, iniciada há pouco mais de uma década.

De acordo com Julianeli, a perspectiva para o segundo mandato é de consolidação das ações implementadas e a execução de novos projetos, conforme metas e diretrizes do novo Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) que deverá ser levado para apreciação do Conuni neste ano. Julianeli cita ainda, a necessidade de institucionalização dos fóruns, o fortalecimento da pesquisa e da pós-graduação, da extensão universitária, além de iniciativas que visam à internacionalização da universidade. “Estamos conscientes da responsabilidade que nos foi delegada e motivados para superar os novos desafios, diante de um novo cenário político e econômico do País”, afirma.

 

Compartilhar