Universia Brasil realiza Seminário Evasão no Ensino Superior Brasileiro

Universia Brasil realiza Seminário Evasão no Ensino Superior Brasileiro

Evento terá debates e trocas de experiências entre líderes das instituições de ensino superior nos dias 18 e 19 de junho

Embora o Brasil tenha observado um crescimento de 5,5 milhões de estudantes matriculados nas universidades nos últimos 15 anos, o setor ainda enfrenta um grande desafio: a evasão do Ensino Superior, que atinge 25% dos alunos na rede privada e 12% na rede pública. Um espaço dinâmico para os líderes das instituições de ensino compartilharem problemas e obterem soluções efetivas que combatam esse obstáculo é a proposta do Seminário Evasão no Ensino Superior Brasileiro, que será realizado pela Universia Brasil em São Paulo, nos dias 18 e 19 de junho, sob a curadoria do expert no assunto, professor Oscar Hipólito. As inscrições estão abertas no site oficial do evento (http://centrodedesarrollo.universia.net/SAOPAULO/pt/index.jsp) com preços exclusivos para IES parceiras da rede Universia.

Além de alertar para as importantes perdas sociais causadas pelo abandono dos estudos, o seminário cumpre o papel de desmistificar o conceito da evasão como sendo decorrente de fatores específicos ou majoritariamente financeiros. Nesse sentido, o professor Oscar Hipólito, que é também reitor da Universidade Anhembi Morumbi e Diretor Acadêmico da Laureate Brasil, alerta: “a evasão não tem uma única causa. Isso torna o problema complexo e difícil de ser atacado. Existem causas com a raiz no acadêmico: o aluno que escolheu o curso errado ou entrou muito cedo na instituição, a estrutura curricular mal colocada, disciplinas que afugentam os estudantes logo no primeiro semestre, o relacionamento com os professores. Há problemas financeiros, é claro. O aluno perde o emprego, ou os pais não conseguem pagar, no caso das particulares. No caso das públicas também. Tem gente que acha que não deveria haver evasão nelas porque são gratuitas. Mas muitos precisam trabalhar e não conseguem estudar”.

Para contemplar todas as facetas do tema foram elaborados cinco blocos de debates e apresentações durante os dois dias do evento. Na opinião de Hipólito, tal abordagem é de extrema importância para a conscientização dos líderes das universidades de que conter a evasão deve ser uma prioridade de instituições públicas e privadas. “O seminário é bom porque chama a atenção para o fato de que as universidades devem ter um programa institucionalizado (de combate à evasão) . Isso é um problema da instituição, não de alguma coisa específica e, como tal, para solucioná-lo, é preciso envolver a todos”, destacou o reitor da Universidade Anhembi Morumbi.

O professor será responsável pelo primeiro bloco de exposições, que apresentará um panorama estatístico sobre a situação atual das desistências no ensino superior. Também estarão presentes o reitor da USP, Prof. Marco Antônio Zago, que participará da cerimônia de abertura, o professor Christian Ortega, Vice Presidente Customer Experience Laureate USA, que falará sobre Gestão e Monitoramento das instituições de ensino. Rubens Oliveira, Diretor do Dot Group apresentará o Modelo Preditivo de Evasão, sistema que foi desenvolvido no exterior, mas adaptado ao cenário brasileiro que pode prever possíveis evasões e possibilita a prevenção.

O primeiro dia também contará com a apresentação de cases de sucesso nacionais e internacionais, além de uma palestra sobre a importância do nivelamento de conteúdos como ferramenta para conter a evasão, que será ministrada por Eduardo Bontempo, fundador da Geekie Games. O tema se mostra bastante relevante como medida de prevenção ao abandono do curso por parte dos estudantes que tenham iniciado o nível superior mal preparados em relação aos conteúdos básicos, como afirma Hipólito: “se o aluno entrou na universidade e você sabe que ele não aprendeu determinadas coisas, não adianta começar lá em cima porque ele não vai acompanhar. Se ele não acompanhar, ele vai embora, se ele for mal, ele sai.”

Já para no segundo e último dia de evento, os presentes poderão conhecer mais sobre a dinâmica de evasão no EAD com a exposição de Luciano Sathler, diretor da ABED (Associação Brasileira de Ensino à Distância) e diretor de inovação da rede Metodista. Outro grande destaque será a palestra com detalhes sobre o financiamento estudantil, medida que afeta diretamente a evasão no ensino privado. Para tratar do assunto estarão presentes Bruno Girardino, especialista do setor educacional do Santander Brasil e Daniel Mitraud, superintendente do Santander Brasil.

O evento será encerrado com uma mesa de debates que contará com a presença do professor Benedito Guimarães, reitor da Universidade Presbiteriana Mackenzie, o professor Carlos Alexandre Netto, reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e o professor Oscar Hipólito.

O Seminário Evasão no Ensino Superior Brasileiro propiciará uma grande oportunidade para a troca de ideias e intercâmbio de experiências entre as grandes instituições de ensino superior do Brasil. Os participantes também receberão material de apoio e um certificado digital de participação.

SERVIÇO:
O que: Seminário Evasão no Ensino Superior Brasileiro
Quando: 18 e 19 de junho de 2015 Duração: 14 horas
Onde: Auditório do Mezanino na Torre Santander à Av. Juscelino Kubitschek, 2235 – Vila Olímpia – 04543-011 – São Paulo – SP
Valores: entre R$ 900 e R$ 1.300.
Mais informações sobre os preços AQUI
Inscrições online: http://centrodedesarrollo.universia.net/SAOPAULO/pt/preinscripcion.jsp
Contato para informações: Raíssa Souza ou Michaela Malavazi
Tel: +55 11 3553 5168 / +55 11 3553 0964 relacionamento@universia.com.br
Informações para Imprensa: Alexsandra Bentemuller: abentemuller@universia.net

Compartilhar