Veja quando cada universidade federal vai soltar sua 2ª chamada do Sisu

Veja quando cada universidade federal vai soltar sua 2ª chamada do Sisu

Algumas instituições já divulgaram a lista na quarta-feira (11). Confira o cronograma e acompanhe a sua situação.

As instituições de ensino superior participantes do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) podem divulgar a segunda chamada de aprovados, com nomes de candidatos que se inscreveram na lista de espera desde a quarta-feira (11). Algumas delas já soltaram em seus sites oficiais a lista de segunda chamada, outras definiram a convocação para os próximos dias. Nesta quinta-feira (12), estão previstas a divulgação de pelo menos cinco instituições.
As convocações dos candidatos participantes da lista de espera do Sisu são realizadas pelas próprias instituições de ensino superior. Assim, é importante que os candidatos acompanhem as convocações da lista de espera junto à instituição na qual tenha manifestado interesse.

Algumas universidades lançaram a consulta pública da lista de espera e exigiram a presença dos candidatos para manifestar o interesse pela vaga antes de soltar a segunda chamada.
VEJA A DATA DE DIVULGAÇÃO DA 2ª CHAMADA DE CADA FEDERAL:
– Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) – 13 de fevereiro
– Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) – 13 de fevereiro
– Universidade Federal de Alagoas (Ufal) – 13 de fevereiro
– Universidade Federal de Sergipe (UFS) – 13 de fevereiro
– Universidade Federal de Goiás (UFG) – 13 de fevereiro
– Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) – 13 de fevereiro
– Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) – 13 de fevereiro
– Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob) – 13 de fevereiro
– Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) – 13 de fevereiro
– Universidade Federal do Tocantins (UFT) – após 18 de fevereiro
– Universidade Federal de Alfenas (Unifal) – após 18 de fevereiro
– Universidade Federal da Bahia (UFBA) – 19 de fevereiro
– Universidade Federal de Roraima (UFRR) – 19 de fevereiro
– Universidade Federal de Pelotas (UFPel) – 19 de fevereiro
– Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) – 20 de fevereiro
– Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT) – 21 de fevereiro
– Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) – 23 de fevereiro
– Universidade Federal do ABC (UFABC) – 23 de fevereiro
– Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) – 23 de fevereiro
– Universidade Federal de Uberlândia (UFU) – 24 de fevereiro
– Universidade Federal do Maranhão (UFMA) – 24 de fevereiro
– Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) – 24 de fevereiro
– Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) – 11 de março
Segunda chamada já divulgada:
– Universidade de Brasília (UnB) – veja a lista
– Universidade Federal do Ceará (UFC) – veja a lista
– Universidade Federal Fluminense (UFF) – veja a lista
– Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – veja a lista
– Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) – veja a lista
– Universidade Federal de Itajubá (Unifei) – veja a lista
– Universidade Federal da Paraíba (UFPB) – veja a lista
– Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) – veja a lista
– Unversidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) – veja a lista
– Universidade Federal do Pampa (Unipampa) – veja a lista
– Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) – veja a lista
Ainda não divulgaram as datas
– Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
– Universidade Federal do Pará (UFPA)
– Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa)
– Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa)
– Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)
– Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio)
– Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM)
– Universidade Federal do Piauí (UFPI)
– Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB)
– Universidade Federal do Cariri (UFCA)
– Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
– Universidade Federal do Rio Grande (Furg)
– Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS)
– Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

O Sisu teve um total de 2.791.334 candidatos inscritos para 205.514 vagas de 5.631 cursos em universidades federais e institutos tecnológicos.

Do total de vagas ofertadas por universidades federais, institutos tecnológicos e universidades estaduais nesta primeira edição do Sisu, 82.879 (ou 40%) foram destinadas a estudantes que atendam aos quesitos da Lei de Cotas, ou seja, que tenham cursado todo o ensino médio em escolas públicas.
Pela lei, neste processo seletivo do Sisu, pelo menos 37,5% de suas vagas foram reservadas para cotistas. Até 2016, as instituições deverão atingir o percentual de 50% de vagas reservadas.
Além da Lei de Cotas, algumas instituições promovem reserva de vagas por ações afirmativas, como vaga para deficientes, quilombolas ou um índice maior para alunos negros, pardos ou indígenas. No total, 12.825 vagas do Sisu foram reservadas para ações afirmativas das universidades e institutos.

 

G1

Compartilhar