Violência contra mulher será tema de debate

Violência contra mulher será tema de debate

Na próxima sexta-feira (9), às 15h, por iniciativa dos deputados petistas, Arlete Sampaio e Wasny de Roure, a Câmara Legislativa realizará audiência pública para debater a violência contra a mulher: responsabilidade do Estado e perspectivas de recuperação do homem agressor.

O evento será realizado no plenário da Casa e tem como objetivo discutir com a sociedade e com as diferentes instituições do Estado responsabilidades e formas de recuperação efetiva do homem agressor; formas de alcançá-los em sua complexidade de ser humano, em sua educação machista, na construção de suas reações violentas e na sua história de vida.

Segundo a deputada Arlete Sampaio, tivemos um avanço importantíssimo que foi a aprovação da Lei Maria da Penha e depois a confirmação pelo Supremo Tribunal Federal (STF) dos preceitos dessa Lei.  “Esse é o momento adequado para que possamos analisar aqui no Distrito Federal como está aplicação da Lei Maria da Penha e também como podemos proceder para que cada vez mais as mulheres do DF não aceitem mais qualquer violência sobre elas”, avalia.

O deputado Wasny de Roure acredita que a recuperação do homem agressor para o convívio harmônico com a família não se dá na cadeia, que deve ser usada como estabelece a lei, para os casos que assim o exigirem. “Mais do que a punição severa para o homem agressor, muitas mulheres desejam que ele se regenere, volte a ser bom esposo e pai e que não volte nunca mais a agredi-la”, defende.

Foram convidadas para participar do debate a Secretária de Estado da Mulher do DF, Olgamir Amância Ferreira; a Delegada-chefe da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), Dra. Ana Cristina Melo Santiago; a Subsecretária de Enfrentamento à Violência da Secretaria de Estado da Mulher do DF,  Silvânia Matilde Silva;a Coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre a Mulher – NEPEM/UnB,Lourdes Bandeira; a Coordenadora do Núcleo de Gênero Pró-Mulher do MPDFT, Danielle Martins Silva; a Secretária de Mulheres da CUT-DF, Maria da Graça de Sousa; a representante do Fórum de Mulheres do DF, Leila Rebouças e a representante da Marcha Mundial das Mulheres, Isabel Silva de Freitas.

Serviço:
Audiência pública para debater a violência contra a mulher: responsabilidade do Estado e perspectivas de recuperação do homem agressor
Data: 09 de março
Horário: 15h
Local: Plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal

Compartilhar