Home Universidades Federais Projeto de extensão da UNIFEI possibilita que agricultores familiares entreguem produtos orgânicos nas residências de consumidores de Itajubá e região

Projeto de extensão da UNIFEI possibilita que agricultores familiares entreguem produtos orgânicos nas residências de consumidores de Itajubá e região

0
0

Por meio de um projeto de extensão promovido pela Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI), que permite o fortalecimento da comercialização da produção, agricultores familiares de bairros rurais dos municípios de Itajubá e de Brazópolis estão entregando cestas de produtos orgânicos diretamente nas residências dos consumidores, durante o período de isolamento social motivado pela pandemia do novo coronavírus (COVID-19).

A iniciativa é apoiada pelo Núcleo Travessia de Pesquisa, Extensão e Apoio à Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural, criado em 2015 e constituído por professores e estudantes do Programa de Mestrado em Desenvolvimento, Tecnologias e Sociedade (PPG-DTecS), bem como por alunos de graduação da UNIFEI.

O Núcleo Travessia tem como coordenadora a professora Viviane Guimarães Pereira, do Instituto de Engenharia de Produção e Gestão (IEPG), e desenvolve suas atividades em temas como políticas públicas de desenvolvimento rural, mercados locais e institucionais para a agricultura familiar, agroecologia e economia solidária, entre outros, num esforço de expandir o debate sobre o desenvolvimento rural, a preservação dos saberes e o fortalecimento da agricultura familiar.

Comunidades que Sustentam a Agricultura

O projeto “Comunidades que Sustentam a Agricultura (CSA): fortalecimento da comercialização dos agricultores familiares orgânicos da Peroba – Itajubá (MG)” tem como objetivo principal a implantação do sistema de CSA no município de Itajubá, por meio do fomento à ampliação da produção de alimentos orgânicos, do incentivo ao consumo sustentável e à alimentação saudável e de qualidade e da ampliação do mercado consumidor de produtos orgânicos.

De acordo com a professora Viviane, o sistema de CSA surgiu nos Estados Unidos e apresenta-se como uma grande oportunidade aos agricultores. “Seu objetivo é valorizar a produção e os agricultores orgânicos, estreitando suas relações com os consumidores e buscando superar os desafios da comercialização”, disse ela.

Antes da pandemia, os principais meios de comercialização utilizados pelas famílias agricultoras do bairro Peroba eram a feira e o mercado institucional do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), os quais foram suspensos para garantir a não disseminação da doença localmente. “Diante desse cenário, houve uma rápida reorganização das famílias agricultoras do bairro Peroba, que, em prazo curto, asseguraram a entrega de, aproximadamente, 80 cestas de alimentos semanais, garantindo a renda das famílias e atendendo os consumidores com comodidade, segurança e qualidade”, disse Viviane.

A agricultura familiar

Segundo a professora Viviane, a agricultura familiar possui uma maneira muito particular de agir sobre o meio natural, fazendo do uso da terra o seu modo de vida. “Este saber ambiental diz respeito ao conhecimento acumulado sobre os ciclos naturais e o sistema de manejo dos recursos. Tal conhecimento tem assegurado o uso adequado e sustentável dos recursos naturais, conservando os ecossistemas e gerando trabalho, renda e modos de vida equitativos”, explicou a docente.

Viviane informou que na agricultura familiar, encontra-se a maior parte da população agrícola do país, sendo ela responsável por garantir 70% do alimento presente na mesa do brasileiro. “Entre os estabelecimentos agropecuários, 84% são da agricultura familiar, e eles empregam mais de 78% da população rural,  ocupando somente 24,01% das áreas, segundo Censo Agropecuário. Isto demonstra a importância e a capacidade produtiva dos agricultores”, detalhou a professora.

Ela disse que é neste encontro entre a Universidade e a Agricultura Familiar que o Núcleo Travessia atua, a partir de projetos que valorizem os saberes citados e contribuam para a geração de renda para a população envolvida com essa atividade. E para o desenvolvimento de suas atividades o Núcleo vem tecendo parcerias e recebendo apoio, sobretudo por meio de projetos de extensão aprovados em editais da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX) da UNIFEI.

Carregue mais artigos relacionados
Carregue mais em Universidades Federais

Deixe uma resposta

Vejam também

Ata da CLXXXV Reunião Ordinária do Conselho Pleno

Ata da CLXXXV Reunião Ordinária do Conselho Pleno , realizada no dia 26 de agosto de 2021 …