Home Na Mídia Laboratório de universidade federal analisa mais de 4 mil testes de Covid-19 em 2020

Laboratório de universidade federal analisa mais de 4 mil testes de Covid-19 em 2020

0
0

Com o objetivo de contribuir no processo de enfrentamento à pandemia de covid-19, doença que já tirou mais de 2,6 mil vidas somente em Mato Grosso do Sul, servidores e estudantes da UFGD têm participado de diversas ações de suporte ao trabalho de prevenção e de controle desenvolvido pelo poder público. Uma dessas atuações envolve a estrutura do Laboratório de Pesquisas em Ciências da Saúde (LPCS), que disponibiliza equipamentos e equipe para a execução de testes em amostras de pacientes com suspeita de infecção pelo novo coronavírus.

Em 2020 – com o início das atividades em maio – o laboratório realizou 4.055 testes do tipo RT-PCR (sigla em inglês para transcrição reversa seguida de reação em cadeia da polimerase), numa média de 800 diagnósticos por mês. O trabalho é resultado de uma parceria entre a Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul e a Universidade, na tentativa de desafogar as atividades no Laboratório Central (LACEN), em Campo Grande, que fica a cargo de testar as amostras da saúde pública de praticamente todo o Estado.

Composta por 12 servidores, entre farmacêutica, biomédico, enfermeiros e técnicos de laboratório, a equipe que trabalha nas análises vem atuando intensamente para que os resultados sejam entregues aos pacientes em 48 ou até em 24 horas. “As amostras do HU, por exemplo, que chegam de manhã, são processadas no mesmo dia e conseguimos liberar à tarde. A UFGD não tem medido esforços para que os testes sejam realizados e, mesmo com certas dificuldades encontradas na compra de materiais, em função da grande demanda por esses itens, tudo tem sido feito da forma mais ágil possível”, esclarece a coordenadora do LPCS, Herintha Coeto Neintzke Abreu.

A docente, que é farmacêutica bioquímica, explica que, após ser coletada, a amostra do paciente é enviada à Universidade, onde é recebida por uma primeira equipe – treinada para identificar o material e digitar os dados referentes a ele. Em seguida, a segunda equipe extrai o ácido ribonucleico (RNA) e um terceiro grupo faz a preparação do mix para RT-PCR, juntando-o ao RNA e inserindo a amostra no aparelho que faz a análise. Por fim, uma quarta equipe executa a leitura do resultado e a liberação do laudo.

Atualmente, o laboratório analisa amostras colhidas em sete unidades básicas de saúde de Dourados, na Secretaria Municipal de Saúde e no Hospital Universitário da UFGD (HU-UFGD). Os insumos para a realização dos testes são adquiridos pela própria UFGD e também doados por professores da instituição, pelo governo de Mato Grosso do Sul, pelo LACEN e pelo HU-UFGD.

“Temos trabalhado incansavelmente nesse momento tão tenso que o mundo está passando. Participar da atividade de diagnóstico da covid-19 tem sido cansativo, mas gratificante. Vejo como um privilégio atuar ativamente nessa ação de ajudar ao próximo em benefício coletivo. É gratificante cumprir o juramento acadêmico que fizemos, de que será nossa prioridade salvar vidas e batalhar pela melhoria da saúde da população. É preciso alegria no coração para continuar e esperança de que tudo é passageiro”, diz a professora.

CENÁRIO DA PANDEMIA
Em Mato Grosso do Sul, conforme dados divulgados pelo governo estadual nesta segunda-feira (18/01), de 508.512 notificações, 150.944 já foram confirmadas como positivas para covid-19 e, até o momento, 2.686 pessoas perderam a vida por conta da doença. Dourados ocupa o segundo lugar na lista de municípios com mais infectados: 16.773 casos positivos desde o início da pandemia.

LPCS
Com 300 metros quadrados de área, o Laboratório de Pesquisas em Ciências da Saúde (LPCS) foi inaugurado no início de 2014 como Laboratório Multiuso da UFGD. A estrutura foi construída com apoio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações mediante termo de cooperação 04.10.0259.

Fonte: Portal Dourados News

Imagem: Google

Carregue mais artigos relacionados
Carregue mais em Na Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vejam também

Relatório de acompanhamento das ações do Programa Reuni

Clique aqui para baixar relatorio REUNI …