Home Universidades Federais UFPA – Mutirão de plantio de árvores homenageia vítimas da Covid-19 e humaniza espaços na Cidade Universitária

UFPA – Mutirão de plantio de árvores homenageia vítimas da Covid-19 e humaniza espaços na Cidade Universitária

0
0

A ação “Plantando árvores por Pessoas” tem por objetivo homenagear pessoas vítimas da Covid-19. Iniciativa dos Bosques da UFPA, por meio do Projeto Espaço ITEC Cidadão, o plantio ocorreu nesta segunda-feira, 25, também com o apoio da Comissão de Humanização do Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza (HUBFS) e da Prefeitura Multicampi. Bolsistas e voluntários dos cursos de Farmácia, Biomedicina, Educação Física, entre outros colaboradores, realizaram ainda a distribuição de borrifos/frascos de álcool gel, além de orientações sobre a Covid-19 e sobre o uso de máscaras.

O plantio de árvores ocorreu ao longo da via asfáltica e das laterais do HUBFS, na Cidade Universitária, no bairro Guamá. Cada árvore plantada no setor da saúde será tutorada por uma vara de bambu e sinalizada com uma faixa de TNT branco. Os homenageados terão seus nomes registrados no livro das digitais dos Bosques Sustentáveis, junto ao nome da espécie de árvore plantada e à identificação de quem prestou a homenagem. Na ocasião, também houve manutenção das plantas medicinais já introduzidas no local e a inserção de novas mudas de orquídeas nas árvores de dendê.

Humanização Bettina 04A coordenadora da ação e dos Bosques da UFPA, Gina Calzavara, explicou que a iniciativa dos mutirões surgiu em atendimento à demanda manifestada pela Comissão de Humanização do Hospital. Com a Prefeitura Multicampi, formaram uma frente de trabalho em favor da articulação de esforços para que pacientes em busca de tratamento no campus possam encontrar bom acolhimento e espaços de convivência enquanto aguardam pelo atendimento.

“Estamos falando de pacientes que chegam para tratamento fora do domicílio (TFD), ou seja, que vêm de longe e ficam muito tempo aguardando o horário das consultas, portanto que precisam de uma ambiência diversificada que os acolha para que os profissionais de saúde façam, depois, o atendimento específico. Em se tratando de um período de pandemia, os cuidados devem ser redobrados no sentido de garantir a proteção tanto de pacientes quanto de profissionais de saúde”, afirmou Gina Calzavara.

A ação de plantio, além de deixar o espaço mais bonito e acolhedor, também teve a finalidade de homenagear as pessoas que perderam a vida para a Covid-19 e trabalhar na elaboração do luto dessas famílias, buscando apoio da comunidade universitária com a valorização da natureza e a importância de sua preservação, por meio do exercício da cidadania.

Humanização Bettina 05Humanizando o Hospital – A Comissão de Humanização do HUBFS é composta por uma equipe multiprofissional, atualmente com 12 integrantes de várias unidades do hospital. A coordenadora, Antônia Fausto de Sousa Barreto, auxiliada pela vice-coordenadora, Cláudia Sibéria, conta ainda com duas servidoras. O objetivo é pôr em prática a Política Nacional de Humanização da Atenção e Gestão no SUS, que é voltada para o acolhimento e atendimento de usuários, trabalhadores e gestores, buscando a valorização dos diferentes sujeitos envolvidos no processo de produção de saúde, por meio  da autonomia, do protagonismo e da corresponsabilidade desse sujeito.

“Diante do momento pandêmico que ainda vivenciamos, precisamos preservar o distanciamento social por meio de orientações e ações educativas. O nosso Espaço de Acolhimento tem esse papel, recebendo os pacientes desde a área externa do hospital, preconizando orientações e ouvindo nossos usuários quanto ao enfrentamento da Covid-19”, destacou Antonia.

Humanização Bettina 00Qualidade ambiental – Desde que o trabalho foi iniciado, o Paisagismo da Prefeitura Multicampi já efetuou, no Setor Saúde, o plantio de 28 árvores frutíferas e de essências florestais. A meta do mutirão era plantar mais 50 mudas nesta segunda-feira, entre elas, palmeiras recebidas de doação. A terra preta utilizada como adubo também foi doada por servidores e por familiares dos homenageados.

A engenheira florestal da Prefeitura Multicampi, Tatiana Castro, acompanhou todo o trabalho de plantio, garantindo que este fosse realizado nas áreas menos arborizadas, que não serão mais edificadas, principalmente próximo às calçadas de pedestres que dão acesso ao hospital. “O plantio de árvores melhora a qualidade ambiental da Cidade Universitária, pois as árvores ajudam a amenizar o microclima, fornecem sombra e evitam a incidência direta dos raios solares sobre as pessoas. Além disso, contribuem para a absorção da poluição atmosférica, para a redução da poluição sonora e fornecem abrigo e alimento para a fauna local. Todos esses benefícios gerados pela arborização impactam positivamente a qualidade de vida das pessoas que frequentam a UFPA e o Hospital Bettina Ferro”, concluiu.

Serviço:

Para realizar doações de mudas, terra preta ou outros itens que possam ajudar na humanização dos espaços do Hospital Bettina, entre em contato pelo e-mail cohum.chu-ufpa@ebserh.gov.br. Nesse mesmo contato, é possível solicitar o plantio de árvore no Campus em homenagem a vítimas da Covid-19.

Texto: Jéssica Souza – Assessoria de Comunicação da UFPA

Carregue mais artigos relacionados
Carregue mais em Universidades Federais

Deixe uma resposta

Vejam também

Universidade Federal carioca desenvolve jalecos impermeáveis contra Covid

A equipe liderada pela cirurgiã-dentista e professora titular de Periodontia da Universida…