Home Universidades Federais UFSJ – Novo software apoia decisões clínicas sobre hipertensão e diabetes na atenção primária

UFSJ – Novo software apoia decisões clínicas sobre hipertensão e diabetes na atenção primária

0
0

 

Pesquisadores das federais mineiras UFMG, UFSJ e UFVJM anunciaram, na semana passada, o desenvolvimento de um software de apoio à decisão clínica, visando a facilitar o controle da hipertensão e diabetes no âmbito da atenção primária à saúde, como os postos comunitários, em localidades com recursos limitados.

O grupo de pesquisadores já atua há 14 anos desenvolvendo softwares e aplicativos na área de Telemedicina. Na equipe, estão docentes de sete instituições públicas, entre elas, a professora do curso de Medicina do Campus Centro-Oeste Dona Lindu (CCO), Clareci Silva Cardoso.

Após o desenvolvimento do software, o mesmo passou por testes junto a profissionais que atuam na atenção primária em dez municípios do norte de Minas Gerais. O estudo incluiu nada menos que 29 centros de saúde em nove pequenos municípios do Vale do Mucuri, com baixíssimo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), e em cinco unidades do sistema municipal de saúde de Teófilo Otoni (MG).

Telessaúde

Segundo Clareci, coordenadora do pólo universitário da UFSJ na Rede de Teleassistência de Minas Gerais (RTMG), o novo software é mais um importante resultado alcançado pelo grupo de pesquisadores. “Essa Rede foi desenvolvida como resultado da parceria entre sete universidades públicas de Minas Gerais que, sob a coordenação da UFMG, desenvolvem atividades de tele-educação e telediagnóstico”, explica a professora Clareci, contabilizando que, em 14 anos de atuação, a Rede já realizou mais de 5 milhões de eletrocardiogramas (ECGs) para as unidades de atenção primária de 814 municípios de Minas Gerais.

Ao longo dos anos, a equipe da RTMG vem acumulando uma grande expertise no desenvolvimento de softwares e aplicativos na área de saúde. Dentre eles, o aplicativo para atendimento a pacientes com diagnóstico de hipertensão e diabetes, que deu origem ao artigo recentemente publicado em uma das mais importantes revistas científicas da área, intitulado Development and Implementation of a Decision Support System to Improve Control of Hypertension and Diabetes in a Resource-Constrained Area in Brazil: Mixed Methods Study, sob a coordenação da professora Milena Marcolino (UFMG).

Essa investigação integra o Projeto Health Rise Brasil, estudo multinacional cujo objetivo é desenvolver programas para melhorar o rastreamento, o diagnóstico, a gestão e o controle da hipertensão arterial e do diabetes mellitus em comunidades carentes ao redor do mundo. “Trata-se de uma importante ferramenta, desenvolvida pela equipe de pesquisadores da UFMG, UFSJ e UFJVM, para suporte aos profissionais que atuam nos serviços da atenção primária com assistência a essa população”, reitera Clareci.

 

Carregue mais artigos relacionados
Carregue mais em Universidades Federais

Deixe uma resposta

Vejam também

Universidade Federal carioca desenvolve jalecos impermeáveis contra Covid

A equipe liderada pela cirurgiã-dentista e professora titular de Periodontia da Universida…