Home Universidades Federais Entrevista: “Capacitação a distância é um caminho sem volta”

Entrevista: “Capacitação a distância é um caminho sem volta”

0
0

Com a criação da Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoal (Progep), em 2006, a política de valorização e desenvolvimento dos servidores da UFPA tornou-se regimental e foi integrada em uma única unidade.  Essa mudança fortaleceu as ações de gestão de pessoas dentro da Instituição. A estrutura da Diretoria de Capacitação e Desenvolvimento (Capacit) garante que as ações de capacitação e qualificação ocorram e envolvam servidores públicos de dentro e de fora da Universidade. Ao celebrar os 20 anos desse espaço de intercâmbio de experiências e aprendizagem, o pró-reitor de Gestão de Pessoal, Raimundo da Costa Almeida, afirma que 2020 foi um ano de desafios, oportunidade e crescimento.

Principais conquistas

O Capacit é uma conquista dos servidores da UFPA e do próprio serviço público. As suas principais ações estão relacionadas à capacitação dos servidores da Universidade e de outros órgãos públicos, e a qualificação dos servidores com oferta de turmas exclusivas de educação formal. O objetivo é proporcionar mais oportunidades a quem não possui qualificação de graduação, especialização, mestrado e doutorado, o que possibilita a prestação de um serviço público com maior qualidade, que valoriza o servidor e melhora os resultados institucionais. As políticas que contam com o suporte de estruturas como as do Capacit são políticas que trazem resultados positivos para a Instituição, para o servidor e para a sociedade. Por meio das ações implementadas pela Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoal (Progep), executadas pelo Capacit, é possível alinhar os interesses individuais dos servidores com os interesses institucionais, reduzindo as lacunas entre esses interesses, o que é fundamental para que tenhamos um melhor clima organizacional na Instituição.

A criação da Progep e as políticas de capacitação

Com a criação da Progep, a política de valorização e desenvolvimento (capacitação e qualificação) dos servidores, na UFPA, tornou-se regimental e passou a ser integrada em uma única unidade, facilitando o alinhamento dessa política com as demais ações de gestão de pessoas. Hoje as ações de capacitação e qualificação levam em consideração vários insumos da área de gestão de pessoas, de gestão estratégica da UFPA e do próprio governo, como: Política de Desenvolvimento de Pessoal do Governo Federal, Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), Plano de Desenvolvimento da Progep, Mapeamento de Competências, Avaliação de Desempenho, feedback dos participantes das ações de capacitação e dos dirigentes de unidades.

Novo perfil do servidor

As mudanças que ocorreram tanto na carreira docente quanto na dos técnicos administrativos, progressões e incentivos que refletem diretamente na estrutura remuneratória, incentivaram os servidores a buscarem, de forma mais intensa, as capacitações e as qualificações. Isso fez com que os índices de qualificação dos servidores  aumentassem consideravelmente ao longo desses 20 anos de existência do Capacit. Aumentou a oferta de eventos de capacitações alinhados aos objetivos institucionais, facilitando o acesso dos servidores a esses eventos. Também cresceu a oferta de cursos de qualificação, principalmente stricto sensu, em diversas Unidades Acadêmicas da UFPA.

Houve ainda uma mudança no perfil dos concursados: no caso dos técnicos, em geral, eles já entram na UFPA graduados, independentemente do cargo; a exigência da titulação de doutor, como regra, para ingresso na carreira do Magistério Superior; na carreira docente do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, muitos já entram com qualificação superior à mínima exigida.

Desafios da capacitação na pandemia

Quando elaboramos o Plano de Desenvolvimento de Pessoal da UFPA para 2020 (PDP UFPA 2020), o cenário era bem diferente, e a maioria dos cursos previstos no PDP UFPA 2020 tinha formato presencial. Com o advento da pandemia, a UFPA, assim como os demais órgãos da Administração Pública, para proteger os servidores e evitar a propagação do vírus, adotou o trabalho de forma remota e suspendeu todos os eventos presenciais, incluindo as capacitações ofertadas pelo Capacit. Imediatamente reunimos com a equipe para identificar estratégias para continuar desenvolvendo as ações de capacitação em um formato diferente, ou seja, a distância.  Para nossa grata surpresa, a adesão a esses eventos foi excelente! Abríamos turmas no início da manhã e, no final da tarde do mesmo dia, as vagas estavam preenchidas em eventos com oferta de 150 vagas por turma.

Isso foi muito positivo, pois não paramos de ofertar capacitações, aumentamos a demanda e, o que é melhor, atingimos um público que tínhamos dificuldade de trazer para participar dos eventos presenciais, como os dirigentes de unidades e de subunidades da UFPA, que tiveram participação significativa em eventos com formato a distância. Esse momento, além de ser um grande desafio, também está sendo de aprendizagem e oportunidade para todos nós, responsáveis pela política de desenvolvimento de pessoas na UFPA. Outro fator positivo dos eventos a distância foi colocar em contato os servidores da Instituição que estavam em isolamento social, ou seja, além do conhecimento, possibilitamos a interação destes, mesmo a distância. Foi um alento neste momento tão difícil por que a sociedade mundial está passando.

Tendência que veio para ficar  

Isto já refletiu no PDP UFPA 2021: a oferta de eventos de capacitação a distância, pelo Capacit, é um caminho sem volta. Iremos, assim que as condições sanitárias permitirem, continuar ofertando eventos presenciais, mas os eventos a distância continuarão sendo ofertados, e essa oferta será intensificada, por dois motivos: com esses eventos a distância, possibilitamos o acesso dos servidores de toda a UFPA, uma oferta maior de vagas e a possibilidade da participação dos servidores de todos os campi, sem a necessidade de deslocaram-se até Belém. Assim concretizamos, de uma forma mais sólida e intensa, um antigo sonho do Capacit: possibilitar a participação dos servidores dos campi do interior em todos os eventos ofertados por nós.

Para os próximos 20 anos

Em 2019, o Capacit foi transformado em Diretoria de Capacitação, com duas Coordenadorias: a de Capacitação e a de Desenvolvimento Profissional. Essa atualização da estrutura organizacional foi necessária para atender às contingências advindas do ambiente e para possibilitar uma atuação mais ampla dessa subunidade da Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoal, que, com o status de Diretoria, tem as suas competências ampliadas e passa a atuar no planejamento, na execução e no controle das ações de capacitação. Lançamos um edital de apoio financeiro para os servidores matriculados em cursos de qualificação (graduação, mestrado e doutorado). Vamos adquirir equipamentos para produção e oferta de cursos na modalidade a distância, com mais autonomia, qualidade e possibilidade de transmissão on-line de eventos presenciais, para que servidores de outros campi possam participar.

Em parceria com o ICSA, será lançada no Programa de Pós-Graduação em Administração uma turma exclusiva para os servidores da UFPA. Com base em levantamento realizado em 2019, 56% dos entrevistados afirmaram ter interesse em realizar o mestrado e 30%, o doutorado, tendo como preferência a área de Ciências Sociais Aplicadas. Pretendemos ofertar anualmente turmas exclusivas para os servidores, na Pós-Graduação Strictu Sensu.

Na área de capacitação, vamos continuar ofertando cursos alinhados às competências institucionais, que são incluídos no PDP. Intensificaremos a assessoria de unidades que possam ofertar turmas de capacitação descentralizadas, disponibilizando a expertise do Capacit. Esse serviço será muito importante para unidades que possuem recurso para capacitação e querem ofertar um curso referente a uma competência específica. Nesse caso, a unidade vai demandar a assessoria do Capacit, que viabilizará a realização da capacitação de forma descentralizada. Estamos formatando esse serviço para ser divulgado em breve.

Ao longo das próximas duas décadas, o Capacit continuará exercendo seu papel estratégico, cumprindo sua missão de implementar a política de capacitação e desenvolvimento de pessoal na UFPA. Muitos desafios virão, mas, com a maturidade e o know how adquirido ao longo dos anos, o comprometimento e a competência da equipe, estamos prontos para superá-los e ofertar o que há de melhor para atingirmos os objetivos institucionais.

Carregue mais artigos relacionados
Carregue mais em Universidades Federais

Deixe uma resposta

Vejam também

Universidade Federal carioca desenvolve jalecos impermeáveis contra Covid

A equipe liderada pela cirurgiã-dentista e professora titular de Periodontia da Universida…