Home Andifes 23 universidades federais desenvolvem inovação em parceria com a Embrapii

23 universidades federais desenvolvem inovação em parceria com a Embrapii

0
0

Oito universidades federais se somaram àquelas já credenciadas como Unidades EMBRAPII para desenvolver projetos de inovação com a indústria brasileira. Juntas, as 23 universidades federais credenciadas estão à frente de 310 projetos, de 197 empresas apoiadas, somando R$ 473 milhões em investimentos. Os projetos são desenvolvidos nas áreas de bioeconomia; mineração sustentável; geração, transmissão e distribuição de energia elétrica; agricultura, processos agroindustriais, tecnologias de alimentos e ainda em mobilidade, incluindo eletromobilidade.

Como explica o presidente da Embrapii, Jorge Guimarães, o credenciamento de novas unidades pretende atrair empresas pelo fomento não reembolsável e pela capacidade de geração de soluções tecnológicas das universidades federais. A iniciativa prevê a alavancagem de recursos privados em inovação, à medida que o modelo de financiamento via EMBRAPII exige a contrapartida financeira por parte do setor empresarial. “A meta das novas unidades é gerar 75 projetos e cerca de R$ 36 milhões em investimentos de inovação”, avalia.

Representante da Andifes no Conselho de Administração da Embrapii, o secretário executivo Gustavo Balduino celebrou a parceria. “Mais que um reconhecimento da competência das universidades federais na produção de inovação, essa parceria reforça a importância da integração da universidade com o setor produtivo”, afirmou.

Segundo o Secretário de Educação Superior, Wagner Vilas Boas, nos últimos 12 meses o MEC ampliou o apoio para o credenciamento de novas unidades de inovação EMBRAPII nas universidades federais. “Entendemos que esse modelo da união de esforços entre a academia por meio dos seus professores, pesquisadores e estudantes com as empresas é fundamental para a formação e o processo inovativo para o desenvolvimento do país”, detalhou.

Para Guimarães, o crescimento da participação de universidades federais na rede Embrapii endossa o sucesso da parceria entre a iniciativa pública e empresas. “Houve um crescimento no número de universidades federais na rede de Unidades Embrapii. Até o início do ano passado, eram apenas seis credenciadas e hoje chegamos a cerca de 30% da rede federal. É um claro reconhecimento do modelo da Embrapii como promotor da interação da academia com as empresas e de sua contribuição para o aumento da inovação na indústria com apoio da pesquisa nacional”, destaca.

Universidades credenciadas
Os grupos de pesquisas atuam nas seguintes instituições: FURG, UFABC, UFAL, UFC, UFCG, UFG, UFJF, UFLA, UFMG, UFMS, UFOP, UFPB, UFPE, UFPel, UFRGS, UFRJ, UFSC, UFSCar, UFSM, UFU, UFV, UNIFEI e UNIFESP.

Carregue mais artigos relacionados
Carregue mais em Andifes

Deixe uma resposta

Vejam também

MS quer promover ações de equidade em saúde em parceria com universidades

Chamamento da pasta pretende selecionar soluções tecnocientíficas, com foco em Atributos d…