Home Na Mídia Universidade Federal do ES lança primeiro observatório astronômico remoto do país

Universidade Federal do ES lança primeiro observatório astronômico remoto do país

0
0

Acesso ao telescópio é gratuito e indicado para apaixonados por astronomia, estudantes e pesquisadores

A Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) lançou nesta quinta-feira (22) um observatório astronômico com acesso remoto público e gratuito, o primeiro do país com tais características.

O Telescópio Remoto do Espírito Santo (TeRES) permite observar imagens do espaço em tempo real, de forma segura e em português, afirmou Márcio Malacarne, coordenador do Gaturamo Observatório Astronômico (GOA), da Ufes, idealizador do projeto, junto com o estudante do curso de Ciência da Computação da Ufes Fábio Alvarenga.

“Qualquer pessoa interessada em astronomia vai ter acesso a imagens em tempo real, via computador ou navegador, mesmo distante do telescópio, e sem a necessidade de instalar aplicativos”, afirmou Malacarne em nota publicada pela Ufes.

“O telescópio visa ampliar a pesquisa e a interdisciplinaridade, aliando a astronomia e a astrofotografia às artes e até as engenharias, por meio de estudos de brilho, cor e tamanho dos astros; além de proporcionar às pessoas a oportunidade de dominarem habilidades e técnicas de ciência prática e inclusão digital, estimulando o conhecimento científico”, descreveu Malacarne na nota.

Foto: Imagens captadas pelo telescópio Remoto do Espírito Santo/Divulgação

Acesso gratuito

O telescópio ficará aberto à quem quiser observar, mas tem como foco estudantes que tenham o intuito de desenvolver projetos em astrofísica e em astrofotografia, e professores interessados em visitas virtuais e astrofotografia com seus alunos ou em participar de trabalhos ou pesquisas de iniciação científica, informou o coordenador do GOA.

“Esta iniciativa vai trazer inovações para um público mais amplo, coisa inédita no Brasil. Esse será o primeiro observatório do Brasil com acesso público e gratuito”, disse Malacarne.

Foto: Imagens captadas pelo telescópio Remoto do Espírito Santo Divulgação

Para ter acesso ao telescópio remoto, é preciso preencher o formulário disponível neste site.

O projeto TeRES tem o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Fonte: CNN Brasil 

Carregue mais artigos relacionados
Carregue mais em Na Mídia

Deixe uma resposta

Vejam também

Duas novas plantas são descobertas por pesquisadores da Universidade Federal de Uberlândia

Do gênero Microlicia, espécies foram encontradas em Uberlândia, Uberaba, na região central…