Home Universidades Federais UFSJ – Obras trazem uma série de benefícios para toda a comunidade do Campus

UFSJ – Obras trazem uma série de benefícios para toda a comunidade do Campus

0
0

A comunidade acadêmica do Campus Alto Paraopeba (CAP) pode comemorar uma conquista já no início deste 2022. As obras de estabilização e recuperação da voçoroca que atingiu parte do terreno do Campus estão em fase de conclusão. Mais de R$ 3,25 milhões foram investidos nas intervenções que serão finalizadas até a primeira quinzena de março.

Em visita ao local, o reitor Marcelo Andrade evidenciou a importância da recuperação da área para as pessoas que utilizam o Campus. “A comunidade acadêmica do CAP há muito almejava a realização de intervenções que solucionassem os problemas causados pelo processo de voçorocamento. Foi nesse sentido que a Reitoria se empenhou para conseguir os recursos necessários à execução da obra, junto à Secretaria de Educação Superior do MEC. O resultado entregue irá trazer uma série de benefícios, incluindo mais segurança e tranquilidade na utilização de todos os espaços do Campus.”

O prefeito do CAP, Cláudio Alexandre Pinto Tavares, comemorou a conclusão das intervenções, e as inúmeras melhorias para a rotina do Campus. “As obras promoveram a recomposição do anel viário do CAP, permitindo que a passagem de veículos fosse restabelecida na área afetada pela voçoroca. O fluxo pela entrada principal poderá ser retomado, uma vez que, devido às interdições, uma entrada secundária era utilizada para acesso ao Campus.” Ele ainda lembrou que a comunidade vai poder desfrutar de uma praça e mirante com vista para o vale, que serão construídos no local.

De acordo com o diretor da Divisão de Projetos e Obras da UFSJ, Sérgio Luiz Fernandes Meloni, as atividades realizadas atenderam às expectativas, recuperando todo o terreno. “Entre as diversas intervenções, foi promovido o redirecionamento das águas pluviais por meio da recomposição da drenagem do terreno para evitar um novo processo de erosão. As obras incluíram ainda o plantio de biomanta com um mix de sementes para proteção do solo.” Sérgio Meloni destacou também o trabalho da Reitoria para viabilizar a realização da obra. “Há alguns meses, o reitor Marcelo Andrade nos solicitou um projeto de recuperação do local atingido pela voçoroca no CAP e, com base no documento, foi iniciada a busca por recursos, os quais puseram fim a um problema que prejudicava a comunidade acadêmica há mais de 15 anos.”

Atividades executadas

Para a recuperação da área afetada pela voçoroca no CAP, foi promovida a preparação do terreno, recomposição do talude adjacente à pista de veículos, execução de um dreno profundo com manilhas de concreto e de canaletas de proteção dos taludes, e construção de escadas hidráulicas. Os taludes recompostos também passaram a contar com proteção por meio de biomanta e hidrossemeadura. Já a pista danificada recebeu novo pavimento asfáltico e teve os meio-fios e sarjetas recompostos. A obra contou ainda com a parceria da Gerdau, que forneceu matéria-prima granular para preenchimento parcial de aterros e execução de gabiões.

Carregue mais artigos relacionados
Carregue mais em Universidades Federais

Deixe uma resposta

Vejam também

Andifes entrega propostas das universidades federais ao pré-candidato à Presidência da República Luís Inácio Lula da Silva

O documento será entregue a todos os presidenciáveis. A Andifes, como interlocutora das un…