Home Universidades Federais UFSCar – Obra infanto-juvenil dá voz a espécies brasileiras endêmicas e ameaçadas de extinção

UFSCar – Obra infanto-juvenil dá voz a espécies brasileiras endêmicas e ameaçadas de extinção

0
0

E-book, publicado pela EdUFSCar, será lançado em live no dia 25 de maio, às 9 horas.

Obra, voltada ao público infanto-juvenil, traz relevância da Educação Ambiental. (Imagem:Luana Souza)

Qual o papel dos zoológicos na conscientização e na conservação ambiental? E para a reprodução de espécies em cativeiro? Quais espécies endêmicas brasileiras ameaçadas de extinção podem ser encontradas nestes espaços, e por quais motivos é essencial conservá-las?

Estas e outras questões são debatidas em “Dando voz aos animais”, e-book que acaba de ser publicado pela Editora da Universidade Federal de São Carlos (EdUFSCar) por Bruno Duarte Amorim, licenciado em Ciências Biológicas pelo Campus Araras da UFSCar.

O livro é voltado ao público infanto-juvenil e traz a Educação Ambiental como elemento relevante não só para este público, como também para toda a sociedade. O intuito é sensibilizar os leitores para a importância da conservação dos animais, e, também, de se visitar locais como zoológicos para ampliação de conhecimento. Propõe, também, reflexões sobre os impactos causados pelos humanos em locais como Amazônia e Mata Atlântica.

Com ilustrações feitas especialmente para o enredo, a obra mescla linguagens literária e informativa. Seu personagem principal é um humano (Miguel) que, ao fazer estágio em zoológico, conhece espécies endêmicas, ou seja, comuns em uma região específica do Brasil, e com ameaça de extinção: saium-de-coleira, macaco-aranha-de-testa-branca, mico-leão-dourado e ararajuba. Ao longo do enredo, ele passa a entender o que elas falam – o que, conforme pontua Amorim, não significa humanizá-las.

“O livro dá voz aos animais para terem a oportunidade de comunicar, aos humanos, seus hábitos e comportamentos naturais. Busquei detalhar particularidades das espécies e reforçar que devem ser respeitadas”, registra o biólogo, que teve a ideia de produzir o livro – parte de seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) – após suas vivências e experiências ao fazer estágio no Parque Ecológico Municipal de Americana “Engenheiro Cid Almeida Franco” (Pema).

Para estruturar a narrativa, o autor se baseou em pesquisas relacionadas aos biomas brasileiros. Com isso, a obra abarca questões fundamentais – e muitas vezes invisibilizadas – para a conservação das espécies, como o bem-estar animal, por meio de enriquecimento ambiental, e a reprodução em cativeiro.

Amorim explica que o enriquecimento ambiental reúne um conjunto de atividades para estimular comportamentos naturais e promover o bem-estar dos animais.
“Existem várias categorias; no enriquecimento alimentar, o alimento é disponibilizado em locais diferentes do habitual, escondido, com o intuito de diminuir tempo ocioso e promover atividades que entretenham”, exemplifica.

Também há os enriquecimentos sensorial (estimula a sentir cheiros diferentes), físico (oferece estruturas para atividades, como morder, arranhar e puxar), social (insere, dentro de um recinto amplo, espécies diferentes de algum bioma, como Cerrado) e cognitivo (oferece objetos, como embrulhos e garrafas de plástico, para que o animal entenda que precisa realizar movimentos para tirar dali, por exemplo, um alimento) – este último mais comum com primatas.

E-book acaba de ser lançado pela Editora da UFSCar. (Imagem: Luana Souza)

Cada enriquecimento é oferecido com planejamento prévio, de acordo com as demandas de cada animal, algo retratado no e-book com exemplos práticos.

Já a reprodução de espécies em cativeiro, também retratada na obra, deve ser feita após muitos estudos e de forma responsável. “Esta pode ser a chave para que novas gerações nasçam, evitando, assim, a extinção definitiva. Assim, os zoológicos podem contribuir com a reintrodução da fauna”, destaca o biólogo.

Lançamento
O e-book “Dando voz aos animais” será lançado no próximo encontro da série “EdUFSCar no Ar”, uma iniciativa da EdUFSCar em parceria com o Instituto da Cultura Científica (ICC) e a Coordenadoria de Comunicação Social (CCS) da Universidade.

O evento ocorre no dia 25 de maio, às 9 horas, e detalhará as etapas de concepção da obra e sua busca por ampliar debates acerca dos zoológicos. A live contará com a presença do autor, Bruno Duarte Amorim, e será mediada por Wilson Alves-Bezerra, Diretor da EdUFSCar. A transmissão será feita via Facebook (facebook.com/ufscaroficial e facebook.com/editora.edufscar) – e YouTube. A participação é aberta a todas as pessoas interessadas, que poderão enviar perguntas e comentários ao convidado.

A obra estará disponível para compra na semana da live, na Amazon ou Google Play, com desconto de 30% até a data posterior ao evento (26/5).

 

Carregue mais artigos relacionados
Carregue mais em Universidades Federais

Deixe uma resposta

Vejam também

Prêmio Andifes de Jornalismo 2021

Cartaz do Prêmio Andifes de Jornalismo 2021 Regulamento do Prêmio Andifes de Jornalismo 20…